Hierarquia e adulação em Antônio Vieira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v40i2.8658240

Palavras-chave:

Retórica, Sermão, Antônio Vieira

Resumo

Neste artigo, aborda-se a construção do ethos virtuoso de Antônio Vieira, a partir da leitura de sermões e missivas pregados na década de 1650, pouco antes de sua segunda vinda para o continente americano. A análise enfatiza o Sermão da primeira sexta-feira da Quaresma, pregado na Capela Real de Lisboa em 1651. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Pierre Chauvin, Universidade de São Paulo

Professor na Escola de Comunicações e Artes pela Universidade de são Paulo (USP). Departamento de Jornalismo e Editoração.

Referências

AGOSTINHO, Santo. A Trindade. 6. reimp. Trad. Augustinho Belmonte. São Paulo: Paulus, 2016.

BARROS, João de. Cartinha com os Preceitos e Mandamentos da Santa Madre Igreja. Org. Gabriel Antunes de Araújo. São Paulo: Humanitas/Paulistana, 2008.

BENTO, Emilson José. Retórica e exegese na pregação cristã. In: HUBERT, Elizabete Enz; BENTO, Emílio José. Retórica e discurso – fronteiras e interfaces: das origens aos desdobramentos atuais – Homenagem à professora Lineide do Lago Salvador Mosca. Campinas: Pontes, 2019, pp. 47-67.

BÍBLIA DE Jerusalém. 10. reimp. Coord. Gilberto da Silva Gorgulho, Ivo Storniolo e Ana Flora Anderson. São Paulo: Paulus, 2015.

BOXER, Charles R. A Igreja militante e a expansão ibérica (1440-1770). Trad. Vera Maria Pereira. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

CONCÍLIO ECUMÊNICO de Trento (1545-1563) – Contra as inovações doutrinárias dos protestantes. Petrópolis: Vozes, 1953.

HANSEN, João Adolfo. Retórica e actio nos discursos coloniais. In: DAHER, Andrea. Oral por escrito: a oralidade na ordem da escrita, da retórica à literatura. Chapecó/Florianópolis: Argos/Editora UFSC, 2018, pp. 61-85.

HANSEN, João Adolfo. O discreto. In: CUNHA, Cilaine Alves; LAUDANNA, Mayra (Orgs.). Agudezas seiscentistas e outros ensaios. São Paulo: Edusp, 2019a, pp. 97-122.

HANSEN, João Adolfo. Razão de Estado. In: Agudezas seiscentistas e outros ensaios. Org. Cilaine Alves Cunha; Mayra Laudanna. São Paulo: Edusp, 2019b, pp. 75-96.

HÖFFNER, Joseph. Colonização e Evangelho: ética da colonização espanhola no Século de Ouro. 3. ed. Trad. José Wisniewski Filho. Rio de Janeiro: Presença, 1986.

LACHAT, Marcelo. Os sermões de quarta-feira de cinza do Padre Antônio Vieira e a Arte de morrer estoico-cristã. Revista Literatura e Sociedade, n. 23, 2016, pp. 11-26.

LEMOS, Ainda; RAMON, Micaela. Introdução. In: Obra completa, T. II, V. II – Sermão da sexagésima e Sermões da quaresma. São Paulo: Loyola, 2015, pp. 9-27.

LIMA, Luís Filipe Silvério. Padre Vieira: sonhos proféticos, profecias oníricas: o tempo do Quinto Império nos sermões de Xavier Dormindo. São Paulo: Humanitas, 2004.

LUZ, Guilherme do Amaral. Produção da concórdia: poética do poder na América portuguesa. In: Flores do desengano: poética do poder na América portuguesa. São Paulo: Fap-Unifesp, 2013, pp. 33-56.

MAQUIAVEL, Nicolò. O príncipe. Trad. Maurício Santana Dias. São Paulo: Penguin Books/Companhia das Letras, 2010.

MARTINI, Marcus de. A alegoria nos sermões de Padre Antônio Vieira:

algumas questões sobre seu emprego e terminologia. Revista Letras, Especial n. 1, Santa Maria, 2019, pp. 89-120.

MIRANDA, Margarida. Sem a voz que os animou, ainda ressuscitados são cadáveres: actio e declamatio na Formação de Vieira, pregador. Revista Humanitas, n. 60, 2008, pp. 267-282.

MUHANA, Adma. Introdução. In: Os autos do processo de Vieira na Inquisição (1660-1668). São Paulo: Edusp, 2008, pp. 13-29.

PÉCORA, Alcir. Vieira e a condução do índio ao corpo místico do império português (Maranhão, 1652-1661). In: COSTIGAN, Lúcia Helena (Org.). Diálogos da conversão. Campinas: Editora Unicamp, 2005, pp. 83-98.

PÉCORA, Alcir. Teatro do sacramento: a unidade teológico-retórico-política dos sermões de Antônio Vieira. 2. ed. Campinas/São Paulo: Editora Unicamp/Edusp, 2008.

PÉCORA, Alcir. A arte de morrer, segundo Vieira. In: VIEIRA, Antônio. Sermões de quarta-feira de cinza. Org. Alcir Pécora. Campinas: Editora Unicamp, 2016, pp. 9-66.

PERELMAN, Chaïm; OBRECHTS-TYTECA, Lucie. Tratado da argumentação: a nova Retórica. Trad. Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

SANTOS, Fernanda Cristina da Encarnação dos. A retórica da alteridade na “Relação da Missão da Serra da Ibiapaba, do Padre Antônio Vieira”. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Feredal do Espírito Santo (UFES), Vitória, 2018.

VIEIRA, Antônio. Carta 53 – Ao Rei D. João IV. In: Obra completa, T. I, V. I – Cartas diplomáticas. Dir. José Eduardo Franco; Pedro Calafate. Coord. Carlos Maduro. São Paulo: Loyola, 2014a, pp. 293-294.

VIEIRA, Antônio. Carta 54 – Ao Príncipe D. Teodósio. In: Obra completa, T. I, V. I – Cartas diplomáticas. Dir. José Eduardo Franco; Pedro Calafate. Coord. Carlos Maduro. São Paulo: Loyola, 2014b, pp. 295-297.

VIEIRA, Antônio. Sermão da primeira sexta-feira da Quaresma. In: Obra completa, T. II, V. II – Sermão da sexagésima e sermões da Quaresma. Dir. José Eduardo Franco; Pedro Calafate. Coord. Aida Lemos; Micaela Ramon. São Paulo: Loyola, 2015a, pp. 197-225.

VIEIRA, Antônio. Sermão da sexagésima. In: Obra completa, T. II, V. II – Sermão da sexagésima e sermões da Quaresma. Dir. José Eduardo Franco; Pedro Calafate. Coord. Aida Lemos; Micaela Ramon. São Paulo: Loyola, 2015b, pp. 43-73.

VIEIRA, Antônio. Sermão pelo bom sucesso das armas de Portugal contra as de Holanda. In: Obra completa, T. II, V. XIII – Sermões de incidência política. Dir. José Eduardo Franco; Pedro Calafate. Coord. Luís Machado de Abreu. São Paulo: Loyola, 2015c, pp. 73-95.

Downloads

Publicado

2020-12-02

Como Citar

CHAUVIN, J. P. Hierarquia e adulação em Antônio Vieira. Remate de Males, Campinas, SP, v. 40, n. 2, p. 751–766, 2020. DOI: 10.20396/remate.v40i2.8658240. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8658240. Acesso em: 20 jun. 2021.