A crítica radical de Pasolini

a voz e o caos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v40i2.8659613

Palavras-chave:

Pier Paolo Pasolini, Crítica radical, Voz

Resumo

Partindo de observações de Leonardo Sciascia e de Piergiorgio Bellocchio sobre Pasolini e sua obra, o ensaio propõe seguir pistas interpretativas que apontem para alternativas críticas capazes de ir além de tópicos como o da experimentação na escrita ou o da adequação da obra à história literária convencional. Para isso levou-se em consideração o estudo de Adriana Cavarero (2011) sobre a voz nas suas relações com a filosofia e a política, no que iluminam o significado da crítica radical em Pasolini.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Betânia Amoroso, Universidade Estadual de Campinas

Professora Colaboradora do Departamento de Teoria e História Literária do Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Brasil.

Referências

AGOSTI, Stefano. Opera interrotta e opera interminabile. In: BENEDETTI, Carla; GRIGNANI, Maria Antonietta. A partire di Petrolio. Pasolini interroga la letteratura. Ravena: A. Longo Editore, 1995, pp. 113-120.

BARBEITAS, Flávio Terrigno. As potencialidades inauditas da voz. Entre filosofia, música e política. In: CAVARERO, Adriana. Vozes plurais. Filosofia da voz verbal. Trad. Flávio Terrigno Barbeitas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011, pp. 9-13.

BELLOCCHIO, Piergiorgio. Disperatamente italiano. In: Walter Siti e Silvia de Laude, (Orgs.). Pasolini. Saggi sulla politica e sulla società. Milão: Arnoldo Mondadori Editore, 2012, pp. XIII-XXXIX.

CAVARERO, Adriana. Vozes plurais. Filosofia da voz verbal. Trad. Flávio Terrigno Barbeitas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

DE LAUDE, Silvia. I due Pasolini. Ragazzi di vita prima della censura. Roma: Carocci Editore, 2018a.

DE LAUDE, Silvia. La rondine di Pasolini. Milão: Mimesis Edizioni, 2018b.

FERRETTI, Gian Carlo (Org.). Il caos. Roma: Editori Riuniti, 1979.

PASOLINI, Pier Paolo. Meninos da vida. Trad. Rosa Artini Petraitis e Luiz Nazário. São Paulo: Brasiliense, 1985.

PASOLINI, Pier Paolo. Romanzi e racconti. 1962-1975. Walter Siti e Silvia de Laude (Orgs.). Milão: Mondadori, 1998, pp. 1274 e 1275.

PASOLINI, Pier Paolo. Saggi sulla letteratura e sull’arte. V. I. Walter Siti e Silvia de Laude (Orgs.). Milão: Mondadori, 1999a, pp. 713-857.

PASOLINI, Pier Paolo. Saggi sulla politica e sulla società. Walter Siti e Silvia de Laude (Orgs.). Milão: Mondadori, 1999b, pp. 5-9.

PASOLINI, Pier Paolo. Escritos corsários. Trad., apresentação e notas de Maria Betânia Amoroso. São Paulo: Editora 34, 2020.

SCIASCIA, Leonardo. Nero su nero. [Edição digital.] Milão: Adelphi, 2014, par. 392-394.

SICILIANO, Enzo. Campo de’ Fiori. Milão: Rizzoli, 1993.

Downloads

Publicado

2020-11-30

Como Citar

AMOROSO, M. B. A crítica radical de Pasolini: a voz e o caos. Remate de Males, Campinas, SP, v. 40, n. 2, p. 472–485, 2020. DOI: 10.20396/remate.v40i2.8659613. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8659613. Acesso em: 8 mar. 2021.