Banner Portal
Literatura e política
PDF

Palavras-chave

Literatura brasileira
Romance
Patrimonialismo
Metáfora
Literatura contemporânea

Como Citar

CASTRO, Junior César Ferreira de. Literatura e política: o monturo e a máquina do estamento patrimonial em "O salvador do mundo", de José Roberto Aguilar. Remate de Males, Campinas, SP, v. 43, n. 2, p. 637–646, 2023. DOI: 10.20396/remate.v43i2.8671457. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8671457. Acesso em: 25 jul. 2024.

Resumo

AGUILAR, José Roberto. O salvador do mundo. 1. ed. São Paulo: Iluminuras, 2021. 

https://doi.org/10.20396/remate.v43i2.8671457
PDF

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo e outros ensaios. Trad. Vinícius Nicastro Honesko. Chapecó, SC: Argos, 2009.

BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Trad. Aurora Fornoni Bernardini, José Pereira Júnior, Augusto Góes Júnior, Helena Spryndis Nazário, Homero Freitas de Andrade. 7. ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

BARTHES, Roland. Análise estrutural da narrativa. In: Introdução à análise estrutural da narrativa. 7. ed. Trad. Maria Zélia Barbosa Pinto. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011, pp. 19-62.

BENJAMIN, Walter. O narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 7. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994, pp. 197-221.

ECO, Umberto. Lector in fabula: a cooperação interpretativa nos textos narrativos. 2. ed. São Paulo: Perspectiva, 2004.

FAORO, Raymundo. Os donos do poder: formação do patronato político brasileiro. 5. ed. São Paulo: Globo, 2012.

GENETTE, Gérard. Discurso da narrativa: ensaio de método. 1. ed. Trad. Fernando Cabral Martins. São Paulo: Arcádia, 1979.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

MONTELLO, Josué. Machado de Assis e a gênese de Os sertões. In: Estampas literárias. Rio de Janeiro: Organização Simões, 1982, pp. 154-167.

PAZ, Octavio. Os filhos do barro: do romantismo à vanguarda. Trad. Ari Roitman e Paulina Wacht. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

RICOEUR, Paul. A metáfora viva. 2. ed. Trad. Dion Davi Macedo. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Licença Creative Commons

Downloads

Não há dados estatísticos.