De algoz a guardiã: fotografias da Polícia Política no acervo do Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro

Autores

  • Teresa Bastos Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v18i19.8645679

Palavras-chave:

Fotografia. Polícia política. Arquivo.

Resumo

Arquivos são locais de memória e pressupõem marcas e impressões. Este artigo dirige seu foco para o acervo fotográfico da polícia política brasileira, atuante por mais de sessenta anos no controle e repressão da sociedade. Constituído por imagens produzidas ou apreendidas pela polícia, este conjunto documental reflete o que representava para ela seu maior fantasma, o comunismo ou o “perigo vermelho”. O acervo encontra-se desde 1992 no Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro, integra o fundo Polícia Política e recebeu recentemente o selo de Memória do Mundo da Unesco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Teresa Bastos, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Letras pela PUC-Rio, bolsista de pós-doutorado da Faperj e docente na Escola de Comunicação Social da UFRJ.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. “O Autor como gesto”. In: Profanações. São Paulo: Boitempo, 2007.

AGAMBEN, Giorgio. “Qu’Est-ce que le Contemporain?” (versão em inglês em: What is an apparatus? Stanford: Stanford University Press, 2009)

A CONTRADITA: Polícia Política e Comunismo no Brasil: 1945-1964: entrevistas com Cecil Borer, Hércules Corrêa dos Reis, José de Moraes e Nilson Venâncio. Rio de Janeiro: Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro, 2000.

BASTOS, Maria Teresa F. “Uma investigação na intimidade do portrait fotográfico”. Tese de doutorado, PUC-Rio, 2007.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Devant le Temps. Paris: Les Editions de Minuit, 2000.

FOUCAULT, M. “A vida dos homens infames”. In: Ditos e Escritos IV. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003.

KNAUSS, Paulo; OLIVEIRA, Camila. “Usos do passado e arquivos da Polícia Política”. Trabalho apresentado em conferência realizada na Universidade Federal de Alagoas, em 11 de novembro de 2008.

KOSSOY, Boris. Realidades e Ficções na Trama Fotográfica. São Paulo: Ateliê Editorial, 2002.

Downloads

Publicado

2013-03-12

Como Citar

BASTOS, T. De algoz a guardiã: fotografias da Polícia Política no acervo do Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 18, n. 1, p. 67–86, 2013. DOI: 10.20396/resgate.v18i19.8645679. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8645679. Acesso em: 27 jun. 2022.