Gestão da saúde em territórios urbanos: considerações de uma experiência de pesquisa

Autores

  • Rivaldo Mauro de Faria Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v19i21.8645702

Palavras-chave:

Gestão territorial da saúde. Atenção primária. Experiência de pesquisa na geografia da saúde.

Resumo

Este texto tem como objetivo refletir sobre a territorialização da atenção primária à saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). A atenção primária se apresenta como condicionante geral para se alcançar a universalidade da atenção à saúde no Brasil e como nó intercambiador de todo o sistema. A territorialização é uma técnica de gestão desses serviços e deve, dada a importância do papel atribuído à atenção primária, ser adequadamente refletida. Acredita-se que o uso da expressão territorialização vem autorizando uma prática de criação, que se reflete em certa imposição, de territórios da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rivaldo Mauro de Faria, Universidade Estadual de Campinas

Geógrafo e doutorando em Geografia no Instituto de Geociências (IG/Unicamp).

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1989.

BRASIL. Ministério da Saúde. Sistema Único de Saúde (SUS): Princípios e Conquistas. Brasília: Ministério da Saúde, 2000.

BRASIL. Política Nacional de Atenção Básica. 4. ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2007.

FARIA, Rivaldo Mauro de; BORTOLOZZI, Arlêude. “Território, poder e produção de doenças: importância da categoria território para a gestão urbana em saúde”. II Congresso Internacional & IV Simpósio Nacional de Geografia da Saúde. Uberlândia/MG, 2009.

MENDES, Eugênio Vilaça. As Redes de Atenção à Saúde. Belo Horizonte: ESPMG, 2009.

MENDES, Eugênio Vilaça. “A construção social da vigilância á saúde no Distrito Sanitário”. In: MENDES, E. V. (org.). A Vigilância à Saúde no Distrito Sanitário. Brasília OPAS/OMS, 1992, p. 7-19.

MONKEN, Maurício; GONDIN, “Grácia Maria de Miranda. Territorialização em saúde”. In: PEREIRA, Isabel Brasil; LIMA, Júlio Cesar França (org.). Dicionário de Educação Profissional em Saúde. 2. ed. Rio de Janeiro: EPSVJ, 2008, p. 392-399.

PAIM, Jairnilson Silva. “A reforma sanitária e a municipalização”. Saúde e Sociedade, v. 1, n. 2, p. 29-47, 1992.

SANTOS, Milton. “O retorno do território”. In: SANTOS, Milton et al. (org.). Território: Globalização e Fragmentação. 4. ed. São Paulo: Hucitec:Anpur, 1996, 15-20

Downloads

Publicado

2012-10-25

Como Citar

FARIA, R. M. de. Gestão da saúde em territórios urbanos: considerações de uma experiência de pesquisa. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 19, n. 1, p. 17–24, 2012. DOI: 10.20396/resgate.v19i21.8645702. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8645702. Acesso em: 29 nov. 2021.