Apresentação

Autores

  • Márcia Ramos de Oliveira Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Ricardo Santhiago Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v22i27.8645762

Palavras-chave:

Memória - Apresentação. Arte - Apresentação.

Resumo

Não é novidade alguma que a entrevista – técnica ou método central para a prática da história oral – seja um dos recursos mais frequentes na abordagem das artes. Jornalistas, historiadores, memorialistas e tantos outros interessados em aprender mais sobre artistas, momentos e movimentos musicais têm, tradicionalmente, incluído a palavra falada entre suas fontes preferenciais. Isso tanto quanto Giorgio Vasari fez em 1550 ao criar seu livro Vidas dos artistas – hoje um clássico, lido, reeditado e cultuado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Márcia Ramos de Oliveira, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professora no Departamento de História da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Ricardo Santhiago, Universidade Federal Fluminense

Ricardo Santhiago é historiador e comunicólogo. É graduado em Jornalismo (PUC-SP, 2004), com especialização em Jornalismo Científico (Unicamp, 2006); mestre e doutor em História Social (USP, 2009/2013); pós-doutor em História (UFF, 2015). É professor da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas, ensinando disciplinas relacionadas a metodologia de pesquisa e história e filosofia da ciência. É pesquisador do Laboratório de História Oral e Imagem (LABHOI-UFF), do GEPHOM - Grupo de Estudo e Pesquisa em História Oral e Memória (EACH-USP) e do MusiMid - Centro de Estudos em Música e Mídia (ECA-USP). É autor e organizador de diversas obras, dentre as quais se destacam os livros "Solistas dissonantes: História (oral) de cantoras negras" (2009), "Depois da utopia: A história oral em seu tempo" (2013), "História oral na sala de aula" (2015) e "História pública no Brasil: Sentidos e itinerários" (2016). Idealizou e organizou os primeiros cursos e simpósios sobre história pública no Brasil, sendo fundador da Rede Brasileira de História Pública e membro de seu comitê gestor (2012-2014; 2014-2016). Atualmente, trabalha na finalização de um livro monográfico sobre história pública e coordena os projetos "A mulher brasileira fala, 30 anos depois: Memória, intersubjetividade, método", com apoio do CNPq (Edital Universal 2014), e "Saúde e interdisciplinaridade: A história oral - Trajetória e possibilidades de um método de pesquisa".

Downloads

Publicado

2014-10-27

Como Citar

OLIVEIRA, M. R. de; SANTHIAGO, R. Apresentação. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 22, n. 1, p. 3–4, 2014. DOI: 10.20396/resgate.v22i27.8645762. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8645762. Acesso em: 1 dez. 2021.