Alvarenga e Ranchinho no dial da Rádio Nacional: um convite a ouvir a História

Autores

  • Carlos Gregório dos Santos Gianelli Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v22i27.8645768

Palavras-chave:

História e música. Rádio nacional. Alvarenga e Ranchinho.

Resumo

Este artigo tem como principal objetivo discutir brevemente alguns procedimentos de análise de programas de rádio e sua relação com a História. Para isso, serão apresentados alguns autores que trabalham com os temas da canção, paródia, performance e que forneçam pistas da participação do público em programas de auditório veiculados pela Rádio Nacional. O material de exemplo analisado aqui é o programa de estreia da dupla de humoristas Alvarenga e Ranchinho na Rádio Nacional no ano de 1947.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Gregório dos Santos Gianelli, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorando em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado de Santa Catarina, Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado de Santa Catarina (2014) e professor de História, Geografia e Ciências do Colégio Catarinense. Possui graduação em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Tem experiência na área de História, atuando principalmente nos seguintes temas: História,Música Brasileira, Música Sertaneja e Caipira e Humor.

Referências

BERGSON, Henri. O riso: ensaio sobre a significação do cômico. 2.ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1983.

GOLDFEDER, Miriam. Por trás das ondas da Radio Nacional.Rio de Janeiro (RJ): Paz e Terra, 1981.

MORAES, J. G. V. ; MACHADO, Cacá . Música en conserva. Memoria e Historia de la música en Brasil. In: BRESCIANO, Juan Andrés. (Org.). La memoria histórica y sus configuraciones temáticas. Una aproximación

interdisciplinaria. 1 ed. Montevideo: Ediciones Cruz del Sur, 2013, v. , p. 277-303.

MORAES, José Geral Vinci de. História e historiadores da música popular no Brasil. Latin American Music Review, v. 28, p. 271-299, 2007a.

URCE, Renato - Bastidores do rádio: fragmentos do rádio de ontem e de hoje - Imago - 1976 - Rio de Janeiro.

NAPOLITANO, Marcos. História e Música. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

NAPOLITANO, Marcos. História e música popular: um mapa de leitura e questões. Revista de História (USP), v. 157, p. 153 a 172.

PROPP, Vladimir. Comicidade e Riso. São Paulo: Ática, 1992.

SALIBA, Elias Thomé. Raízes do riso: a representação humorística na história brasileira : da Belle Époque aos primeiros tempos do rádio. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

SANT’ANNA, Affonso Romano de. Paródia paráfrase & cia. 8. ed. São Paulo: Ática, 2007.

SAROLDI, Luiz Carlos; MOREIRA, Sonia Virginia. Rádio Nacional: o Brasil em sintonia. 2. ed. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 1988.TINHORÃO, José Ramos. Nos Anos de Ouro dos Auditórios. Jornal do Brasil. 1977.

ZUMTHOR, Paul. Performance, recepção, leitura. 2.ed. São Paulo: Cosac & Naify, 2007.

Downloads

Publicado

2014-10-27

Como Citar

GIANELLI, C. G. dos S. Alvarenga e Ranchinho no dial da Rádio Nacional: um convite a ouvir a História. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 22, n. 1, p. 61–70, 2014. DOI: 10.20396/resgate.v22i27.8645768. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8645768. Acesso em: 9 dez. 2021.