Arquivos Pessoais, História Oral, Blogs e Rock Alternativo

Autores

  • Ricardo Neumann Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v22i27.8645769

Palavras-chave:

Cena Alternativa Norte Catarinense. História oral. Arquivos pessoais.

Resumo

Em minha tese de doutorado estudo a cena musical alternativa norte catarinense nas décadas de 1990-2000. Para um estudo das bandas, dos integrantes, dos espaços de sociabilidade da cena, faço uso em meu trabalho dos arquivos pessoais de muitos dos participantes da mesma. São cartazes, fotos, vídeos, gravações de fitas demo, fanzines, entre outros materiais, que fazem parte da história da cena. Neste artigo, faço uso da História Oral na interpretação dos arquivos pessoais. E, através da pesquisa nestes arquivos pessoais, busco explicitar um pouco do objeto de minha pesquisa, a cena musical alternativa norte catarinense nas décadas de 1990-2000.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Neumann, Universidade Federal de Santa Catarina

Formado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2006. Mestre em História também pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2008. Professor colaborador (substituto) da Universidade Estadual de Santa Catarina, lecionando as disciplinas de História da Arte e História da Arquitetura e Urbanismo, entre 2008/2010. A partir de 2011 até 2012, atuando como professor colaborador da Universidade Federal de Santa Catarina. Desde 2013 doutorando no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Doutorado Sanduíche entre setembro de 2015 e setembro de 2016 na McGill University, Montreal, Canadá.

Referências

CAMARGO, Ana Maria de Almeida. “Arquivos Pessoais são Arquivos”. Revista do Arquivo Público Mineiro, Belo Horizonte, n. 2, PP. 26-39, jul-dez 2009.

CAMARGO, Ana Maria de Almeida. “Sobre Arquivos Pessoais”. Arquivo & Administração, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, PP. 5-9, jul-dez, 2008.

HEYMANN, Luciana Quillet. O arquivo utópico de Darcy Ribeiro. História, Ciências, saúde-Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 19, n.1, jan.-mar. 2012, p.261-282.

HEYMANN, Luciana Quillet. O indivíduo fora do lugar. Revista do Arquivo Público Mineiro, Belo Horizonte, n.2 pp.40-57, jul-dez, 2009, p. 48.

NEDEL, Letícia Borges. ‘Da Sala de Jantar à Sala de Consultas: o arquivo pessoal de Getúlio Vargas nos embates da história política recente›. In: TRAVANCAS, Isabel; ROUCHOU, Joelle; HEYMANN, Luciana. (Org.). Arquivos Pessoais: reflexões multidisciplinares e experiências de pesquisa. 1ed. Rio de Janeiro: Editora FGV/FAPERJ, 2014, v. 1, p. 131-164, p.7.

MCNEIL, Legs & MCGAIN, Giullian. Mate-me por favor: Uma história sem censura do punk. Porto Alegre – L&PM, 1997.

VINCI DE MORAES, José Geraldo. Música en conserva. In: Memoria e Historia de la música en Brasil.

VINCI DE MORAES, José Geraldo,MACHADO, Cacá. en BRESCIANO, Juan. La memoria histórica y sus configuraciones temáticas. Una aproximación interdisciplinaria. Montevideo, Ediciones Cruz del Sur, 2011.

Downloads

Publicado

2014-10-27

Como Citar

NEUMANN, R. Arquivos Pessoais, História Oral, Blogs e Rock Alternativo. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 22, n. 1, p. 71–78, 2014. DOI: 10.20396/resgate.v22i27.8645769. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8645769. Acesso em: 9 dez. 2021.