História pública e literatura: reflexões sobre o discurso

  • Alexandre Santos de Moraes Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: História pública. Poesia oral. Literatura grega antiga.

Resumo

O artigo reflete sobre o tema do discurso no âmbito dos debates sobre História Pública. A partir da análise dos desenvolvimentos de um campo específico da Literatura Grega Arcaica, suscitamos alguns debates que permitem refletir sobre a posição dos historiadores e da audiência no movimento de produção e acesso ao discurso historiográfico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Santos de Moraes, Universidade Federal Fluminense

Professor Adjunto do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal Fluminense. Membro do Núcleo de Estudos de Representações e de Imagens da Antiguidade (NEREIDA/UFF) e colaborador do Laboratório de História Antiga (LHIA/UFRJ).

Referências

ALMEIDA, Juniele Rabêlo de; ROVAI, Marta Gouveia de Oliveira. História Pública: entre “políticas públicas” e os “públicos da história”. In: Anais do XXVII Simpósio Nacional de História. Natal: ANPUH, 2013.

BLATTI, Jo. Public History and Oral History. In: The Journal of American History, v. 77, n. 2, 1990, p. 615-625.

CARDOSO, C. F. Tinham os antigos uma Literatura? In: Phoînix, n. 5, v. 1, 1999, p. 101.

COHEN, D. J.; FRISCH, M.; GALLAGHER, P.; MINTZ, S. SWORD, A. M. T.; THOMAS, W. G.; TURKEL, W. J. Interchange: The Promise of Digital History. In: The Journal of American History, v.95, n. 2, 2008.

HEUBECK, M. Homeric studies today: results and prospects. In: FENIK, B. (ed.). Homer, Tradition and Invention. Leiden: E. J. Brill, 1978, p. 1-17.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2003.

LOHMANN, D. Die Kompositionen der Reden in der Ilias. Berlin: Gruyter, 1970.

NAGY, G. Homeric Responses. Texas: The University of Texas Press, 2003.

ORLANDI, E. P. Análise de Discurso: Princípios & Procedimentos. São Paulo: Pontes, 2010.

TOSH, John. Why History Matters. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2008.

THOMAS, R. Letramento e oralidade na Grécia Antiga. São Paulo: Odysseus, 2005.

WADE-GERY, H. T. The Poet of the Iliad. Cambridge: The Cambridge University Press, 1952.

WEST, M. The Invention of Homer. In: The Classical Quarterly, v. 49, nº. 2, 1999, p. 364-382.

Publicado
2015-01-22
Como Citar
Moraes, A. S. de. (2015). História pública e literatura: reflexões sobre o discurso. Resgate: Revista Interdisciplinar De Cultura, 22(2), 31-36. https://doi.org/10.20396/resgate.v22i28.8645776