Um encontro entre História Econômica e Demografia Histórica: Iraci del Nero da Costa

Palavras-chave: História econômica. Demografia histórica. Iraci del Nero da Costa. Trajetória.

Resumo

Nesta entrevista por e-mail realizada com o Prof. Iraci del Nero da Costa, procuramos contemplar a formação universitária, seus trabalhos de pesquisa em História Econômica e Demografia Histórica, assim como a interpretação formulada pelo entrevistado, em coautoria com Julio Manuel Pires, sobre a economia colonial brasileira à luz das críticas à historiografia do passado colonial, capitalismo e escravidão.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Alice Rosa Ribeiro, Universidade Estadual Paulista

Graduada em Ciências Econômicas (1974) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestra em História (1980) pela Universidade Estadual de Campinas e doutora em Economia/História Econômica (1991) pela mesma universidade, concluiu pós-doutorado no Institute of Latin American Studies (ILAS), da University of London, em 1995, e na Chemical Heritage Foundation (CHF), na Philadelphia, em 1998. É professora livre-docente aposentada da Faculdade de Ciências e Letras da Universidade Estadual Paulista (Unesp/Araraquara) e, desde 2009, pesquisadora colaboradora voluntária do Centro de Memória – Unicamp. Dedica-se a pesquisas que envolvem história da riqueza, dos negócios, das famílias da elite de Campinas e do Oeste Paulista (1790-1930); Escravidão, economia açucareira e cafeeira em Campinas (1790-1888); Crédito e financiamento na economia campineira (1850-1930), tendo publicado diversos artigos nestas temáticas em revistas da área. Em 1994, recebeu o Prêmio Jabuti em Ciências Humanas pelo livro “História sem fim. Inventário da Saúde Pública em São Paulo (1880-1930)”.

Maisa Faleiros da Cunha, Universidade Estadual de Campinas
Possui graduação em Ciências Sociais (2002) pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mestrado em Demografia (2005) pela Unicamp e doutorado em Demografia (2009) pela Unicamp. Pós-doutora pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP). Professora substituta da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquista Filho" (UNESP/ Campus de Franca) entre 2010-2012. Atualmente é pesquisadora do Núcleo de Estudos de População "Elza Berquó" (NEPO) da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Ciências Sociais, Demografia e História atuando principalmente nos seguintes temas: demografia histórica, censos de população, registros paroquiais, família escrava e regimes demográficos. Coordenadora do GT População e História (gestão 2017-2018) da Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP).

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond de. Morte das casas de Ouro Preto. In: ANDRADE, Carlos Drummond de. Reunião: 10 livros de poesia. 7. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1976.

BIARD, François Auguste. Dois anos no Brasil. São Paulo: Nacional, 1945. (Brasiliana, v. 244).

BURMEISTER, Hermann. Viagem ao Brasil através das províncias do Rio de Janeiro e Minas Gerais. São Paulo: Martins, 1952. (Biblioteca Histórica Brasileira, XIX).

CANABRAVA, Alice Piffer. Uma economia de decadência: os níveis de riqueza na Capitania de São Paulo, 1765/67. Revista Brasileira de Economia, Rio de Janeiro, v. 26, n. 4, p. 95-124, out. 1972. ISSN 1806-9134. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rbe/article/view/104. Acesso em: 7 fev. 2018.

CANABRAVA. Alice Piffer. Repartição da terra na Capitania de São Paulo, 1818. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 77-129, 1972b.

CASTELNAU, Francis. Expedição ás regiões centrais da América do Sul. São Paulo: Nacional, 1949. (Brasiliana, v. 266, tomo 1).

COSTA, Iraci del Nero da. Arraia-miúda: um estudo sobre os não-proprietários de escravos no Brasil. São Paulo, MGSP Editores, 1992.

COSTA, Iraci del Nero da. O Capital Escravista-Mercantil e a escravidão nas Américas. São Paulo: EDUC: FAPESP, 2010.

COSTA, Iraci del Nero da. Populações Mineiras: sobre a estrutura populacional de alguns núcleos mineiros no alvorecer do século XIX. São Paulo, Instituto de Pesquisas Econômicas FIPE/USP, 1981.

COSTA, Iraci del Nero da. Vila Rica: população (1719-1826). São Paulo, IPE-USP, 1979.

COSTA, Iraci del Nero da. Os viajantes estrangeiros e a família escrava no Brasil. D. O. Leitura. São Paulo, IMESP, v. 7, n. 77, p. 9-10, 1988.

DABADIE, E. A travers d'Amérique du Sud. Paris: Ferdinand Sartorius, 1858.

FLEURY, Michel; HENRY, Louis. Nouveau Manuel de Dépoillement et d'exploitation de l'etat civil ancien. 2. ed. Paris: INED, 1976.

FRANCO, Maria Sylvia de Carvalho. Homens livres na ordem escravocrata. São Paulo: IEB-USP, 1969.

FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. 10. ed. São Paulo: Nacional, 1970.

GODINHO, Vitorino de Magalhães. Portugal, as frotas do açúcar e as frotas do ouro (1670 —1770). Revista de História, São Paulo, v. 7, n. 15, p. 69-88, jul./set. 1953. ISSN 2316-9141. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/35730. Acesso em: 8 fev. 2018. http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v7i15p69-88.

GORENDER, Jacob. O escravismo colonial. São Paulo: Ática, 1978.

GOUBERT, Pierre. Histoire sociale et démographie . In: L’Histoire sociale: source et méthodes.Coloque de L’ École Normale Supérieure de Saint Cloud , 15 – 16 Mai, 1965. Paris: PUF, 1967. p. 223-237.

GRAHAM, Maria. Diário de uma viagem ao Brasil e de uma estada nesse país durante parte dos anos de 1821, 1822 e 1823. São Paulo: Nacional, 1956. (Brasiliana, Série Grande Formato, v. 8).

HENRY, Louis. Manuel de démographie historique. Genebra: Droz, 1967.

HENRY, Louis. O levantamento dos registros paroquiais e a técnica de reconstituição de famílias. In: MARCÍLIO, Maria Luiza (Org.). Demografia histórica, orientações técnicas e metodológicas. São Paulo: Pioneiro, 1977. p. 41-63.

HERÓDOTO. História. 2. ed. Trad. Mario da Gama Kury. Brasília: UnB, 1988.

HOLANDA. Sérgio Buarque de. A mineração: antecedentes luso-brasileiros e metais e pedras preciosas. In: HOLANDA. Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira. São Paulo; Difel, 1973. (Tomo 1, v. 2).

HOLANDA. Sérgio Buarque de. Caminhos e fronteira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1957.

HOLANDA. Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 7. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

KOSTER, Henry. Viagens ao nordeste do Brasil. São Paulo: Nacional, 1942. (Brasiliana, v. 221).

LASLETT, P. La famille et le ménage: approches historiques. Trad. Antoinette Chamoux. Annales, v. 27, n. 4-5, p. 847-872, jul./out. 1972. Disponível em: http://www.persee.fr/doc/ahess_0395-2649_1972_num_27_4_422570. Acesso em: 8 fev. 2018.

MALHEIRO, Perdigão. A escravidão no Brasil: ensaio histórico, jurídico, social. 3. ed. Petrópolis: Vozes; Brasília: INL, 1976. (Dimensões do Brasil, v. 3).

MARCÍLIO, Maria Luiza. A cidade de São Paulo: povoamento e população, 1750-1850, com base nos registros paroquiais e nos recenseamentos antigos. São Paulo: Pioneira; Edusp, 1973.

MARCÍLIO, Maria Luiza. Crescimento demográfico e evolução agrária paulista (1700-1836). Tese (Livre-docência em História) – Universidade de São Paulo, São Paulo. 1974.

MARCÍLIO, Maria Luiza. População e sociedade: evolução das sociedades pré-industriais. Petrópolis: Vozes, 1984.

MARX, Carlos. El capital: crítica de la economía política. México: Fondo de Cultura Económica, 1965. (v. 2, v. 3).

MARX, Carlos. Grundrisse. México: Siglo Veintiuno, 1980.

MATHIAS, Herculano Gomes. Um recenseamento na Capitania de Minas Gerais (Vila Rica – 1804). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 1911.

PRADO JÚNIOR, Caio. Formação do Brasil Contemporâneo: Colônia. (1942). 20. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

MATHIAS, Herculano Gomes. História econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1956.

RIBEYROLLES, Charles. Brasil pitoresco: história, descrições, viagens, colonização, instituições. São Paulo: Martins, 1941. v. 2. (Biblioteca Histórica Brasileira, VI).

RUGENDAS, João Maurício. Viagem pitoresca através do Brasil. São Paulo: Martins; Edusp, 1972.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagens às nascentes do Rio S. Francisco e pela província de Goyaz. São Paulo: Nacional, 1937. (Brasiliana, v. 68, tomo I).

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagens pelas províncias do Rio de Janeiro e Minas Gerais. São Paulo: Itatiaia; Edusp, 1975.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem pelo distrito dos diamantes e litoral do Brasil. São Paulo: Nacional, 1941, (Brasiliana, v. 210).

SAUVY, Alfred. Eléments de démographie. Paris: PUF, 1976. (Collection Thémis, Sciences Sociales).

SAUVY, Alfred. Théorie générale de la population. Paris: PUF, 1954. 2. v.

SPIX, J. B. von; MARTIUS, C. F. P. von. Viagem pelo Brasil: Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1938.

SPIX, J. B. von; MARTIUS, C. F. P. von. Através da Bahia: excertos da obra Reise in Brasilien trasladados a por¬tuguês pelos Drs. Pirajá da Silva e Paulo Wolf. 3. ed. São Paulo: Nacional, 1938. (Brasiliana, v. 118).

TSCHUDI, J. J. von. Viagem às províncias do Rio de Janeiro e São Paulo. São Paulo: Martins, 1953. (Biblioteca Histórica Paulista, V).

TUCÍDIDES. História da Guerra do Peloponeso/Tucídides. 4. ed. Trad. Mário da Gama Kury. Brasília: UnB/IPRI; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2001. 584 p. (Clássicos IPRI, 2, XLVII).

YVAN, Melchior. Voyages et Récits. Bruxelas: Meline, Cans et Cie., 1853.

Publicado
2018-03-23
Como Citar
Ribeiro, M. A. R., & Cunha, M. F. da. (2018). Um encontro entre História Econômica e Demografia Histórica: Iraci del Nero da Costa. Resgate: Revista Interdisciplinar De Cultura, 26(1), 197-222. https://doi.org/10.20396/resgate.v26i1.8648619