Banner Portal
Um encontro entre História Econômica e Demografia Histórica: Iraci del Nero da Costa
PDF

Palavras-chave

História econômica. Demografia histórica. Iraci del Nero da Costa. Trajetória.

Como Citar

RIBEIRO, Maria Alice Rosa; CUNHA, Maisa Faleiros da. Um encontro entre História Econômica e Demografia Histórica: Iraci del Nero da Costa. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 26, n. 1, p. 197–222, 2018. DOI: 10.20396/resgate.v26i1.8648619. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8648619. Acesso em: 15 jul. 2024.

Resumo

Nesta entrevista por e-mail realizada com o Prof. Iraci del Nero da Costa, procuramos contemplar a formação universitária, seus trabalhos de pesquisa em História Econômica e Demografia Histórica, assim como a interpretação formulada pelo entrevistado, em coautoria com Julio Manuel Pires, sobre a economia colonial brasileira à luz das críticas à historiografia do passado colonial, capitalismo e escravidão.   

https://doi.org/10.20396/resgate.v26i1.8648619
PDF

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond de. Morte das casas de Ouro Preto. In: ANDRADE, Carlos Drummond de. Reunião: 10 livros de poesia. 7. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1976.

BIARD, François Auguste. Dois anos no Brasil. São Paulo: Nacional, 1945. (Brasiliana, v. 244).

BURMEISTER, Hermann. Viagem ao Brasil através das províncias do Rio de Janeiro e Minas Gerais. São Paulo: Martins, 1952. (Biblioteca Histórica Brasileira, XIX).

CANABRAVA, Alice Piffer. Uma economia de decadência: os níveis de riqueza na Capitania de São Paulo, 1765/67. Revista Brasileira de Economia, Rio de Janeiro, v. 26, n. 4, p. 95-124, out. 1972. ISSN 1806-9134. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rbe/article/view/104. Acesso em: 7 fev. 2018.

CANABRAVA. Alice Piffer. Repartição da terra na Capitania de São Paulo, 1818. Estudos Econômicos, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 77-129, 1972b.

CASTELNAU, Francis. Expedição ás regiões centrais da América do Sul. São Paulo: Nacional, 1949. (Brasiliana, v. 266, tomo 1).

COSTA, Iraci del Nero da. Arraia-miúda: um estudo sobre os não-proprietários de escravos no Brasil. São Paulo, MGSP Editores, 1992.

COSTA, Iraci del Nero da. O Capital Escravista-Mercantil e a escravidão nas Américas. São Paulo: EDUC: FAPESP, 2010.

COSTA, Iraci del Nero da. Populações Mineiras: sobre a estrutura populacional de alguns núcleos mineiros no alvorecer do século XIX. São Paulo, Instituto de Pesquisas Econômicas FIPE/USP, 1981.

COSTA, Iraci del Nero da. Vila Rica: população (1719-1826). São Paulo, IPE-USP, 1979.

COSTA, Iraci del Nero da. Os viajantes estrangeiros e a família escrava no Brasil. D. O. Leitura. São Paulo, IMESP, v. 7, n. 77, p. 9-10, 1988.

DABADIE, E. A travers d'Amérique du Sud. Paris: Ferdinand Sartorius, 1858.

FLEURY, Michel; HENRY, Louis. Nouveau Manuel de Dépoillement et d'exploitation de l'etat civil ancien. 2. ed. Paris: INED, 1976.

FRANCO, Maria Sylvia de Carvalho. Homens livres na ordem escravocrata. São Paulo: IEB-USP, 1969.

FURTADO, Celso. Formação Econômica do Brasil. 10. ed. São Paulo: Nacional, 1970.

GODINHO, Vitorino de Magalhães. Portugal, as frotas do açúcar e as frotas do ouro (1670 —1770). Revista de História, São Paulo, v. 7, n. 15, p. 69-88, jul./set. 1953. ISSN 2316-9141. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/35730. Acesso em: 8 fev. 2018. http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v7i15p69-88.

GORENDER, Jacob. O escravismo colonial. São Paulo: Ática, 1978.

GOUBERT, Pierre. Histoire sociale et démographie . In: L’Histoire sociale: source et méthodes.Coloque de L’ École Normale Supérieure de Saint Cloud , 15 – 16 Mai, 1965. Paris: PUF, 1967. p. 223-237.

GRAHAM, Maria. Diário de uma viagem ao Brasil e de uma estada nesse país durante parte dos anos de 1821, 1822 e 1823. São Paulo: Nacional, 1956. (Brasiliana, Série Grande Formato, v. 8).

HENRY, Louis. Manuel de démographie historique. Genebra: Droz, 1967.

HENRY, Louis. O levantamento dos registros paroquiais e a técnica de reconstituição de famílias. In: MARCÍLIO, Maria Luiza (Org.). Demografia histórica, orientações técnicas e metodológicas. São Paulo: Pioneiro, 1977. p. 41-63.

HERÓDOTO. História. 2. ed. Trad. Mario da Gama Kury. Brasília: UnB, 1988.

HOLANDA. Sérgio Buarque de. A mineração: antecedentes luso-brasileiros e metais e pedras preciosas. In: HOLANDA. Sérgio Buarque de. História Geral da Civilização Brasileira. São Paulo; Difel, 1973. (Tomo 1, v. 2).

HOLANDA. Sérgio Buarque de. Caminhos e fronteira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1957.

HOLANDA. Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 7. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

KOSTER, Henry. Viagens ao nordeste do Brasil. São Paulo: Nacional, 1942. (Brasiliana, v. 221).

LASLETT, P. La famille et le ménage: approches historiques. Trad. Antoinette Chamoux. Annales, v. 27, n. 4-5, p. 847-872, jul./out. 1972. Disponível em: http://www.persee.fr/doc/ahess_0395-2649_1972_num_27_4_422570. Acesso em: 8 fev. 2018.

MALHEIRO, Perdigão. A escravidão no Brasil: ensaio histórico, jurídico, social. 3. ed. Petrópolis: Vozes; Brasília: INL, 1976. (Dimensões do Brasil, v. 3).

MARCÍLIO, Maria Luiza. A cidade de São Paulo: povoamento e população, 1750-1850, com base nos registros paroquiais e nos recenseamentos antigos. São Paulo: Pioneira; Edusp, 1973.

MARCÍLIO, Maria Luiza. Crescimento demográfico e evolução agrária paulista (1700-1836). Tese (Livre-docência em História) – Universidade de São Paulo, São Paulo. 1974.

MARCÍLIO, Maria Luiza. População e sociedade: evolução das sociedades pré-industriais. Petrópolis: Vozes, 1984.

MARX, Carlos. El capital: crítica de la economía política. México: Fondo de Cultura Económica, 1965. (v. 2, v. 3).

MARX, Carlos. Grundrisse. México: Siglo Veintiuno, 1980.

MATHIAS, Herculano Gomes. Um recenseamento na Capitania de Minas Gerais (Vila Rica – 1804). Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 1911.

PRADO JÚNIOR, Caio. Formação do Brasil Contemporâneo: Colônia. (1942). 20. ed. São Paulo: Brasiliense, 1987.

MATHIAS, Herculano Gomes. História econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1956.

RIBEYROLLES, Charles. Brasil pitoresco: história, descrições, viagens, colonização, instituições. São Paulo: Martins, 1941. v. 2. (Biblioteca Histórica Brasileira, VI).

RUGENDAS, João Maurício. Viagem pitoresca através do Brasil. São Paulo: Martins; Edusp, 1972.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagens às nascentes do Rio S. Francisco e pela província de Goyaz. São Paulo: Nacional, 1937. (Brasiliana, v. 68, tomo I).

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagens pelas províncias do Rio de Janeiro e Minas Gerais. São Paulo: Itatiaia; Edusp, 1975.

SAINT-HILAIRE, Auguste de. Viagem pelo distrito dos diamantes e litoral do Brasil. São Paulo: Nacional, 1941, (Brasiliana, v. 210).

SAUVY, Alfred. Eléments de démographie. Paris: PUF, 1976. (Collection Thémis, Sciences Sociales).

SAUVY, Alfred. Théorie générale de la population. Paris: PUF, 1954. 2. v.

SPIX, J. B. von; MARTIUS, C. F. P. von. Viagem pelo Brasil: Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1938.

SPIX, J. B. von; MARTIUS, C. F. P. von. Através da Bahia: excertos da obra Reise in Brasilien trasladados a por¬tuguês pelos Drs. Pirajá da Silva e Paulo Wolf. 3. ed. São Paulo: Nacional, 1938. (Brasiliana, v. 118).

TSCHUDI, J. J. von. Viagem às províncias do Rio de Janeiro e São Paulo. São Paulo: Martins, 1953. (Biblioteca Histórica Paulista, V).

TUCÍDIDES. História da Guerra do Peloponeso/Tucídides. 4. ed. Trad. Mário da Gama Kury. Brasília: UnB/IPRI; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado, 2001. 584 p. (Clássicos IPRI, 2, XLVII).

YVAN, Melchior. Voyages et Récits. Bruxelas: Meline, Cans et Cie., 1853.

O periódico Resgate utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.