Os números da loucura em documentos

recenseamento de 1872 e mapas demonstrativos do Asilo de Alienado São Vicente de Paula

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v27i2.8656670

Palavras-chave:

Loucura, Recenseamento de 1872, Mapas demonstrativos, Asilo de Alienados São Vicente de Paula.

Resumo

Este artigo visa problematizar o processo de institucionalização da loucura no Ceará a partir, sobretudo, da análise de dois documentos: O Recenseamento populacional de 1872 e Os Mapas Demonstrativos da Santa Casa sobre a movimentação interna do Asilo de Alienados São Vicente de Paula. A proposta é percorrer uma trajetória da construção da loucura por meio do mapeamento quantitativo e análise qualitativa sobre os loucos existentes no Ceará oitocentista. Para isso, construímos tabelas com base nos dados documentais institucionais e oficiais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Freitas de Oliveira, Universidade Federal do Ceará

Professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em História Social da UFC.

Referências

BOTELHO, Tarcisio R. Censos e construção nacional no Brasil Imperial. Tempo Social. Revista de sociologia da USP, v. 17, n. 1, pp. 321-341, 2005.

CASTEL, Robert. A Ordem Psiquiátrica: A Idade de Ouro do Alienismo. Rio de Janeiro. Graal, 1978.

CANGUILHEM, Georges. O Normal e o Patológico. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

COSTA, Jurandir Freire. História da Psiquiatria no Brasil – Um corte ideológico. Rio de Janeiro. Ed. Garamond, 2007.

CUNHA, Maria C. Pereira. O Espelho do Mundo – Juquery, a História de um Asilo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2ª edição, 1986.

ENGEL, Magali Gouveia. Os Delírios da Razão: médicos, loucos e hospícios (Rio de Janeiro, 1830 – 1930). Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2001.

PAIVA, Clotilde (org.). Publicação Crítica do Recenseamento Geral do Império do Brasil de 1872. (Relatório Provisório). Núcleo de Pesquisa em História Econômica e Demográfica – NPHED, universidade Federal de Minas Gerais. Centro de desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar), 2012.

PORTOCARRERO, Vera. Arquivos da Loucura – Juliano Moreira e a Descontinuidade Histórica da psiquiatria. Rio de Janeiro. Ed. Fiocruz, 2002.

SÁ NETTO, Rodrigo de. A Secretaria de Estado dos Negócios do Império (1823-1891). Cadernos MAPA n.5 Memória da Administração Pública Brasileira. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2013 (Publicações Históricas).

SENRA, Nelson. Uma breve História das Estatísticas Brasileiras (18222002): IBGE, Centro de Documentação e Disseminação de Informações. Rio de Janeiro, 2009.

STUDART, Guilherme. Datas e Factos para a História do Ceará. Fortaleza, Typographia Studart, 1896, 2° volume.

WADI, Yonissa Maritt. Palácio Para Guardar Doidos – uma história das lutas pela construção do hospital de alienados e da psiquiatria no Rio Grande do Sul. Porto Alegre. Ed. da Univ/UFRGS, 2002.

BRASIL. Coleção de Leis do Império do Brasil - 1851, vol. 1 pt II.

BRASIL. Decreto de 25 de Novembro de 1829. Coleção de Leis do Império do Brasil - 1829, Vol. 1 pt. II).

BRASIL. Decreto Nº 4.676, de 14 de janeiro de 1871.

BRASIL. Decreto Nº 4.856, de 30 de dezembro de 1871.

BRASIL. Decreto nº 7.247, de 19 de abril de 1879. Art. 24. § 2º.

BRASIL. Directoria Geral de Estatistica – Relatorio e Trabalhos Estatísticos – Apresentado ao Illm e Exm Sr.

Conselheiro José Bento da Cunha e Figueiredo – Ministro e Secretario de Estado dos Negócios do Imperio pelo Director Geral Conselheiro Manoel Francisco Correia, em 31 de Dezembro de 1876. Rio de Janeiro. Typografia de Hippolito José. Rua do Hospicio n. 218, 1877.

BRASIL. Directoria Geral de Estatistica – Relatorio e Trabalhos Estatísticos – Apresentado ao Illm e Exm Sr. Conselheiro José Bento da Cunha e Figueiredo – Ministro e Secretario de Estado dos Negócios do Imperio pelo Director Geral Conselheiro Manoel Francisco Correia, em 31 de Dezembro de 1876. Rio de Janeiro. Typografia de Hippolito José. Rua do Hospicio n. 218, 1877.

BRASIL. Recenseamento do Brazil em 1872. Editor: Typ. G. Leuzinger, Rio de Janeiro, 1872.

BRASIL, Thomás Pompeu de Sousa. Ensaio Estatístico da Província do Ceará. Tip. de B. de Mattos, 1863.

BRASIL, Thomas. População do Ceará. Revista do Instituto do Ceará. 1889. Ano III.

BRASIL, População do Ceará, 1889. Revista do Instituto do Ceará. 1890. Ano IV.

BRASIL; CEARÁ, Regulamento da Cadeia Pública de 1884. Cap. 1, Art. 4, p. 2.

BRASIL; CEARÁ, Relatório do Presidente da Província, Senhor Comendador João Wikens de Mattos à Assembleia Provincial do Ceará, 20.10.1872.

SANTA CASA DE MISERICÓRDIA Sessão de 20 de outubro de 1880, p. 01, do Livro de Atas de 20 de outubro de 1880. (Acervo: S).

Downloads

Publicado

2019-12-19

Como Citar

OLIVEIRA, C. F. de. Os números da loucura em documentos: recenseamento de 1872 e mapas demonstrativos do Asilo de Alienado São Vicente de Paula. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 27, n. 2, p. 195–214, 2019. DOI: 10.20396/resgate.v27i2.8656670. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8656670. Acesso em: 1 dez. 2021.