A internacionalização da educação superior na Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE

da passividade a uma política institucional de internacionalização

Palavras-chave: Processos de internacionalização, Educação superior, UNIOESTE.

Resumo

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE caracteriza-se como uma universidade multicampi, situada numa região de tríplice fronteira formada pelo Brasil, Argentina e Paraguai, abrangendo 94 municípios das regiões Oeste e Sudoeste do Estado do Paraná. Instituída como Universidade desde 1994, a Unioeste tem buscado instituir uma política de internacionalização. Embora possua em sua estrutura organizacional uma Assessoria de Relações Internacionais e Interinstitucionais desde a sua implantação, somente nos últimos dois anos é que foi regulamentada na universidade, uma política institucional de Internacionalização, por intermédio de uma Resolução do Conselho Universitário, aprovada em 2017. Durante os vinte anos anteriores, o que ocorreu na Unioeste, foram ações isoladas de atividades internacionais ou participação em Programas de Mobilidade. O objetivo do presente artigo é apresentar a realidade institucional da nossa universidade em relação ao processo de internacionalização nos últimos 22 anos, em que passa de uma condição passiva de internacionalização para o início de uma consolidação de sua política institucional. Na apresentação e discussão buscar-se-á consubstanciar o conceito de internacionalização que mediatiza os trabalhos e intencionalidades da Unioeste no âmbito da política de mobilidade estudantil, de docentes e servidores e o percurso para se chegar a uma política institucional de internacionalização. Para alcançar esse objetivo, utiliza-se uma metodologia analítica de dados sobre mobilidade, leitura de bibliografia acerca do tema e uma qualificação das informações, a partir dos conceitos trabalhados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Celia Barradas Correia Bastos, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Educação. Docente do PPGE e do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Elenita Conegero Pastor Manchope, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Doutora em Letras  pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Professora adjunta da Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Marta Lucia Alves Assenza, Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Diretora de Assuntos Acadêmicos na Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Referências

CONSELHO UNIVERSITÁRIO (COU). Resolução nº 032/1996 - COU. Estrutura Organizacional da UNIOESTE, 1996. Disponível em: http://www.UNIOESTE.br/servicos/arqvirtual/cons_arq.asp. Acesso em: 15 jul. 2017.

CONSELHO UNIVERSITÁRIO (COU). Resolução nº 017/1999 - COU. Estatuto da UNIOESTE, 1999. Disponível em: http://www.UNIOESTE.br/servicos/arqvirtual/arquivos/0171999-COU.pdf Acesso em: 22 jul. 2017.

CONSELHO UNIVERSITÁRIO (COU). Resolução nº 028/2003 - COU. Regimento Geral da UNIOESTE, 2003. Disponível em: http://www.UNIOESTE.br/servicos/arqvirtual/arquivos/AnexoI-Resolu%C3%A7%C3%A3o0282003-COU.pdf?16:21:57 . Acesso em: 29 jul. 2017.

DE WIT, Hans. Reconsidering the concept of internationalization. in international higher education. Boston: [s.n.], 2013.

DE WIT, Hans. Internationalization of higher education: nine misconceptions. International Higher Education, n. 64, . p. 6-7, Summer, 2011.

DE WIT, Hans; HUNTER, Fiona. The future of internationalization of higher education. International Higher Education, Boston, n. 83, p. 23, 2015.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Aurélio Século XXI: o dicionário da língua portuguesa. 7. ed. Curitiba: Ed. Positivo; 2008.

IANNI, Otávio. A sociedade global. 12. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

KNIGHT, Jane. Internationalization remodeled: definition, approaches, and rationales. Journal of Studies in International Education, v. 8, n. 1, p. 5-32, Spring, 2004.

KNIGHT, Jane. Five truths about internationalization. International Higher Education, Boston, n. 69, Fall, p.1-4, 2012.

LIMA, Manolita Correia; BETIOLI CONTEL, Fábio. Características atuais das políticas de internacionalização das instituições de educação superior no Brasil. Revista e-Curriculum, São Paulo, v.3, n.2, jun. 2008. Disponível em: http://www.pucsp.br/ecurriculum. Acesso em: 28 fev. 2015.

LIMA, Manolita Correia; MARANHÃO, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque. O sistema de educação superior mundial: entre a internacionalização ativa e passiva. Revista Avaliação, Sorocaba, v. 14, n. 3, p. 583-610, 2009.

SANTO FILHO, José Camilo. Internacionalização da educação superior: redefinições, justificativas e estratégias. In: CONGRESSO EDUCERE, 13., 2017, Curitiba. Anais do... Curitiba: [s.n.], 2017.

SANTOS SEABRA, Fernando; ALMEIDA FILHO, Naomar. A quarta dimensão da universidade, internacionalização universitária na sociedade do conhecimento. Brasília: Ed. UnB; Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2012, 238p.

Publicado
2019-02-19
Como Citar
Bastos, C. C. B. C., Manchope, E. C. P., & Assenza, M. L. A. (2019). A internacionalização da educação superior na Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE. Revista Internacional De Educação Superior, 5, e019039. https://doi.org/10.20396/riesup.v5i0.8653899
Seção
Dossiê