Banner Portal
Serviço social do CAISM: ações humanizadas na questão de genero
PDF

Palavras-chave

Atendimento multiprofissional. Questão de gênero. Atendimento integral à Saúde da Mulher

Como Citar

ROSSI, Dalva; SALCEDO, Elaine Aparecida de Carvalho; MURAYAMA, Akemi. Serviço social do CAISM: ações humanizadas na questão de genero. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 41–54, 2015. DOI: 10.20396/sss.v1i1.8634846. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8634846. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

O artigo contextualiza a trajetória histórica do Serviço Social do CAISM desde a sua implantação, contendo a descrição dos programas e atividades realizadas até o momento atual, enfocando as especificidades das áreas e a metodologia utilizada pelos profissionais para o desenvolvimento das atividades. Ressalta também a questão de gênero e o atendimento diferenciado que tem sido norteado por políticas públicas, visando a humanização, a melhoria e a qualidade dos serviços prestados para efetivar a proposta de atenção integral à saúde da mulher. Nessa dimensão a prática do Serviço Social na Instituição é realizada tendo como referência o projeto ético−político da profissão, contemplando a assistência, o ensino e a pesquisa, vislumbrando novos olhares para o atendimento às usuárias. Outro destaque é relacionado ao trabalho multiprofissional, um dos caminhos que possibilita a integralidade das ações na assistência e o assistente social como agente educador desempenha um papel fundamental para efetivar ações e políticas de saúde concretizadas no espaço institucional do CAISM. 
https://doi.org/10.20396/sss.v1i1.8634846
PDF

Referências

CAMARGO, M. Violência e Saúde: ampliando políticas públicas de saúde. Rede de Saúde. Informativo da Rede Nacional Feminista de Saúde e Direitos Reprodutivos, Hamburg Gráfica e Editora, n. 22, nov. 2000.

IAMAMOTO, M.V. O serviço social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. São Paulo: Cortez, 1998. 326 p.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro. Imago Editora, 1976. 221p. (Série Logoteca). 54

LANE, E. et al. Centro de assistência integral à saúde da mulher. Campinas, UNICAMP, 1986-1990. 98p. Relatório quadriênio.

OSIS, M. J. D. PAISM: um marco na abordagem de saúde reprodutiva no Brasil. Cadernos Saúde Pública, Rio de Janeiro, n. 14, p. 25-32, 1998. Suplemento 1.

______. Atenção integral á saúde da mulher, o conceito e o programa: história de uma intervenção. 1994. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

RAMOS, S.R.; LUCON, R.C. Serviço Social CAISM-UNICAMP. 1993.

Mimeografado.

SALCEDO, E. A. et. al. Grupos: instrumental metodológico de ação do Serviço Social no CAISM. Campinas, abr. 2001. Mimeografado.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS. Diretoria do Serviço Social do Centro de Assistência Integral à Saúde da Mulher. Relatório do Serviço Social quadriênio 1995-1998. Campinas. Mimeografado.

Diretrizes do Serviço Social. 1998. Mimeografado.

A Serviço Social e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.