A interlocução do território na agenda das políticas sociais

Autores

  • Dirce Koga Universidade Cruzeiro do Sul
  • Vanice Aparecida Alves Prefeitura Municipal de Jandira, SP

DOI:

https://doi.org/10.20396/sss.v9i1.8634863

Palavras-chave:

Território. Proteção social. Políticas sociais. Assistência social

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as configurações socioterritoriais e suas interlocuções na agenda das políticas sociais, tendo como cenário a cidade de São Paulo, e como o (re)conhecimento dessa realidade tem se apresentado mais especificamente à Política de Assistência Social, na perspectiva de efetivação do acesso à proteção social da população em situação de vulnerabilidade social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dirce Koga, Universidade Cruzeiro do Sul

Graduação em Serviço Social pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1985), mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995), doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e Pós Doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2009). Fez estágio de doutorado sandwiche junto ao Centre National de la Recherche Scientifique - Observatoire Sociologique du Changement Prof. Serge Paugam (2000/2001) e estágio de pós doutorado junto ao Institut d Etudes Politiques de Grenoble Universidade Pierre Mendes France Prof. Alain Euzeby (2003). Atualmente é pesquisadora, professora titular da Universidade Cruzeiro do Sul e Coordenadora do Programa de Mestrado em Políticas Sociais na mesma Universidade e professora assistente da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo do Programa de Estudos Pós Graduados em Serviço Social. Coordena o Núcleo de Estudos e Pesquisas Cidades e Territórios junto ao Programa de Mestrado em Políticas Sociais da Universidade Cruzeiro do Sul.

Vanice Aparecida Alves, Prefeitura Municipal de Jandira, SP

Graduação em Serviço Social pela Faculdade Paulista de Serviço Social (2002). Aprimoramento Multiprofissional em Saúde Mental Mandaqui-Jaçanã pela FUNDAP (2005). Mestre em Políticas Sociais pela Universidade Cruzeiro do Sul-SP (2010). Curso de extensão universitária pela USP (SP) "A prática com famílias nas instituições: contribuições teóricas e técnicas" (2012).

Referências

BRASIL, Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS. Política Nacional de Assistência Social – PNAS. Brasília – DF: 2004. p. 9-59.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome - MDS. SUAS: configurando os eixos da mudança. Brasília DF: Caderno 2, nº 2, Ano 2, mar. 2007.

CENTRO DE ESTUDOS DA METRÓPOLE – CEM. Mapa da vulnerabilidade

Social da população da cidade de São Paulo. Centro Brasileiro de Análise e Planejamento – Cebrap/SESC. São Paulo: Secretaria Municipal de Assistência Social de São Paulo SAS – PMSP. 2004.

KOGA. D. A dimensão territorial no processo de construção do conhecimento e da realidade social nas áreas mais vulneráveis da metrópole. Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social – Prefeitura de Belo Horizonte. Belo Horizonte. 2008.

KOGA, D., ALVES, V. Território: lugar de desafios para a proteção social. São Luis – MA, Anais da IV Jornada Internacional de Políticas Públicas, 25 a 28/08/2009.

SANTOS, M. Território e sociedade entrevista com Milton Santos. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2ª ed., 3º reimp. 2007.

SANTOS, M. Espaço e Sociedade: ensaios. Petrópolis, RJ: Vozes, 1979.

SPOSATI, A, TOLEDO, J.R. de (org.). Cidades em Pedaços. São Paulo: Brasiliense, 2001.

Downloads

Publicado

2015-05-06

Como Citar

KOGA, D.; ALVES, V. A. A interlocução do território na agenda das políticas sociais. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 69–81, 2015. DOI: 10.20396/sss.v9i1.8634863. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8634863. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos