Algumas considerações em relação à pesquisa em serviço social na área da saúde da Unicamp

Autores

  • Maria De Fátima de Campos Françozo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sss.v9i1.8634871

Palavras-chave:

Pesquisa. Serviço social. Saúde. Universidade

Resumo

Este texto traz elementos para discussão sobre a pesquisa em Serviço Social na UNICAMP, a partir de duas dimensões. A primeira, volta-se para entender a pesquisa em seu ´locus´, a universidade, isto é, local propício para a busca de respostas às questões que se colocam na prática profissional. Nesse contexto, a pesquisa não pode ser vista de maneira separada do ensino e da extensão. Assistentes sociais, alunos de graduação e de pós são os protagonistas do fazer investigativo. A seguir, volta-se para outra dimensão, mais específica, buscando identificar os temas presentes nas investigações realizadas pelo Serviço Social na UNICAMP. Verifica-se que a relação investigação-ação ocupa lugar importante na vida profissional daqueles que estão trabalhando na Universidade, sendo exemplos disso, a produção científica representada nos trabalhos apresentados nos CONASSS e a produção da revista Serviço Social & Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria De Fátima de Campos Françozo, Universidade Estadual de Campinas

Graduação em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1976), mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1988) e doutorado em Saúde Mental pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Atualmente é docente em educação especial e reabilitação junto ao departamento de Desenvolvimento Humano e Reabilitação e ao Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação ´Prof. Dr. Gabriel Porto´, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas.

Referências

ALVES, R. Filosofia da Ciência: Introdução ao jogo e suas regras. SP: Brasiliense, 1981. 175 p.

BRASIL, Constituição da Republica Federativa do Brasil, 1988.

GINSBURG, C. Mitos, emblemas, sinais – Morfologia e história. Trad. Federico Carotti, 1ª. reimpressão, SP: Companhia das Letras, 1989. 281 p.

IAMAMOTO, M.V. Entrevista Marilda Vilella Iamamoto. Serviço Social & Saúde, ano 6 (6), p. 127-68, maio 2007.

MINAYO, M.C.S. Interdisciplinaridade: uma questão que atravessa o saber, o poder e o mundo vivido. Medicina. Ribeirão Preto, v.24 (2), p. 70-7, abr/jun, 1991.

VÁRIOS, Caderno de Resumos do CONASSS e SIMPESSS, 2004. publicação eletrônica - CD-ROM.

VÁRIOS, Caderno de Resumos do CONASSS e SIMPESSS, 2006. Publicação eletrônica - CD-ROM.

VÁRIOS, Caderno de Resumos do CONASSS e SIMPESSS, 2008. 392 p.

Downloads

Publicado

2015-05-06

Como Citar

FRANÇOZO, M. D. F. de C. Algumas considerações em relação à pesquisa em serviço social na área da saúde da Unicamp. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 121–130, 2015. DOI: 10.20396/sss.v9i1.8634871. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8634871. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)