Banner Portal
Desafios e possibilidades na adoção
PDF

Palavras-chave

Adoção. Devolução. Família. Vinculação adotiva

Como Citar

FALEIROS, Vicente de Paula; MORAES, Patrícia Jakeliny Ferreira de Souza. Desafios e possibilidades na adoção. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 13, n. 1, p. 29–46, 2015. DOI: 10.20396/sss.v13i1.8634913. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8634913. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

Este artigo trata do processo da vinculação adotiva, abordado na dissertação de mestrado, intitulada como: “Ressignificando o Processo de Adoção: Encontros e Desencontros”. O pressuposto da abordagem é de que a construção de vínculos entre adotantes e adotado é, ao mesmo tempo, afetiva, social e jurídica, implicando conflitos familiares, interpessoais e com a Justiça que podem ser favoráveis ou desfavoráveis ao processo de adoção. A metodologia é qualitativa González-Rey (2005), com entrevistas semiestruturadas com quatro famílias adotivas e desenhos dos seus respectivos filhos. Na análise dos dados foram identificadas quatro zonas de sentido: desvelação da família de origem da criança adotada; a desconstrução do imaginário da criança ideal para construção de criança real; a preparação e a orientação da(s) criança(s) e do(s) requerente(s) para adoção e a importância do apoio familiar durante o processo da vinculação da filiação adotiva. O processo da desvelação dialógica, de desconstrução da criança ideal, de preparo para a adoção e a comunicação familiar e social, se combinados, asseguram o vínculo adotivo e sua inexistência vem a desfazê-lo, levando à devolução da criança.

https://doi.org/10.20396/sss.v13i1.8634913
PDF

A Serviço Social e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.