Banner Portal
A formação profissional, interdisciplinaridade e seu processo de aquisição
PDF

Palavras-chave

Equipe interdisciplinar de saúde. Serviço social

Como Citar

OLIVEIRA, R. F. de; MESQUITA, S. T.; SILVA, C. da. A formação profissional, interdisciplinaridade e seu processo de aquisição. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 4, n. 1, p. 135–156, 2015. DOI: 10.20396/sss.v4i1.8634973. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8634973. Acesso em: 3 mar. 2024.

Resumo

O Centro de Pesquisa Audiológicas (CPA) é uma unidade do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC) da Universidade de São Paulo (USP), que atende a portadores de deficiência auditiva, estando seu trabalho voltado para ensino, pesquisa e prestação de serviço. Desenvolve programas que exigem a atuação de uma equipe interdisciplinar e em todas essas áreas, existem profissionais em nível de especialização que estão em formação/treinamento profissional. Em virtude do atendimento ser interdisciplinar no CPA, de acordo com os princípios do HRAC, verificou-se a necessidade de investigar o conhecimento que esses profissionais possuem sobre o tema: a interdisciplinaridade. O universo da pesquisa foi constituído por 13 profissionais (100.0%) das diferentes áreas, representados por 09 sujeitos (69.2%) e teve como objetivo constatar o nível do conhecimento dos alunos/especializandos e sua consciência sobre a interdisciplinaridade no cotidiano do CPA. A pesquisa foi exploratória, valendo-se da abordagem quanti-qualitativa, tendo como instrumental técnico, o questionário com perguntas abertas. Constatamos que os profissionais reconheceram o trabalho no cotidiano do CPA como interdisciplinar e que, apesar de terem tomado conhecimento do tema interdisciplinaridade – durante a graduação (88.9%), a vivência interdisciplinar só se efetivou durante seu treinamento profissional.

https://doi.org/10.20396/sss.v4i1.8634973
PDF

Referências

ANDRAUS, R. C. Olhando para o serviço social numa perspectiva interdisciplinar. Bauru: EDUSC, 1996. 132 p.

CARRARA, K. Educação, universidade e pesquisa. Marília: FAPESP, 2001. 250 p.

DEMO, P. Conhecimento moderno: sobre ética e intervenção do conhecimento. Petrópolis-RJ: Vozes, 1997. 125 p.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa em ciências humanas e sociais. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1995. 164 p.

FAZENDA, I. C. A. Práticas interdisciplinares na escola. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2001. 127 p.

GARCIA, R. C. M. O curso de especialização em serviço social na área da saúde e reabilitação do HRAC – USP: a questão da formação e colocação profissional. 2001. 30f. Monografia (Especialização em serviço social na área da saúde e reabilitação) – Hospital de

Reabilitação e Anomalias Craniofaciais, Universidade de São Paulo, Bauru.

GRACIANO, M. I. G. Construindo espaços: a história das associações de pais e portadores de lesões lábio-palatais e a contribuição do serviço social. 1996. 328 p. Tese (Doutorado em Serviço Social) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Metodologia científica. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1991. 249 p.

LOURENÇÃO, C. M. Avaliação da importância do estudo sócio-econômico familiar para o planejamento e intervenção da equipe interdisciplinar do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/USP). 1998. 139f. Monografia (Especialização em serviço social na área da saúde e reabilitação) − Hospital de Reabilitação e Anomalias Craniofaciais, Universidade de São Paulo, Bauru.

MINAYO, M. C. S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 1999. 80 p.

ROBBINS, H.; FINLEY, M. Por que as equipes não funcionam: o que não deu certo e como torná-las criativas e eficientes. Rio de Janeiro: Campus, 1997. 253 p.

RORIGUES ON, M. L. R. O serviço social e a perspectiva interdisciplinar. In: MARTINELLI, M. L. et al (org.) O uno e o múltiplo nas relações do saber. São Paulo: Cortez, 1998. p. 153−-157.

SAMPAIO, C. C. et al. Interdisciplinaridade em questão: análise de uma política de saúde voltada à mulher. In: SÁ, J. L. M. (org.). Serviço social e interdisciplinaridade: dos fundamentos filosóficos à prática interdisciplinar no ensino, pesquisa e extensão. São Paulo: Cortez, 1989. p. 77−95.

SEVERINO, A. J. Subsídios para uma reflexão sobre novos caminhos da interdisciplinaridade. In: SÁ, J. L. M. (org.) Serviço social e interdisciplinaridade: dos fundamentos filosóficos à prática interdisciplinar no ensino, pesquisa e extensão. São Paulo: Cortez, 1989. p. 11−21.

A Serviço Social e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.