Banner Portal
O ensino do trabalho social na Europa: o reconhecimento pela universidade em questão
PDF

Palavras-chave

Universidade. Ensino. Trabalho social. Europa

Como Citar

JOVELIN, Emmanuel. O ensino do trabalho social na Europa: o reconhecimento pela universidade em questão. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 7, n. 1/2, p. 19–30, 2009. DOI: 10.20396/sss.v7i1/2.8636466. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8636466. Acesso em: 20 jul. 2024.

Resumo

Neste artigo, mostramos implicitamente, através do estudo do aparelho de formação em trabalho social nos países europeus, o desenvolvimento desta atividade e, sobretudo a diversidade que o caracteriza. Da mesma maneira que a prática profissional, a formação em trabalho social em nível europeu é múltipla. Assim, entre as escolas de formação, as escolas superiores e as universidades, diferentes tipos de ensino são realizados.

https://doi.org/10.20396/sss.v7i1/2.8636466
PDF

Referências

BAILLERGEAU, E. Histoire du travail social au Pays-Bas. In: JOVELIN, E.(éd), Histoire du travail social en Europe. Paris: Vuibert, 2008.

Comité National des Écoles de Service Social (CNESS). L'Action sociale et la formation des travailleurs sociaux en Europe: de l'étatisme au pouvoir des collectivités. Paris, 1988.

FEU, M. L’évolution du travail social en Espagne. In: PRIEUR, E., JOVELIN,E. (éds.) Quel social pour quelle societé au XXIe Siècle? Paris, L’Harmattan, 2001

FOUCART, J. Histoire du travail social em Belgique. In: JOVELIN, E. (éd), Histoire du travail social en Europe. Paris: Vuibert, 2008.

JOVELIN, E. (ed.), Histoire du travail social en Europe, Paris: Vuibert, 2008. 290 p (Collection Perspectives Sociales)

A Serviço Social e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.