Mulheres e álcool: uma questão de gênero

Autores

  • Dária Sirqueira Matsumoto Faculdades Metropolitanas Unidas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sss.v12i2.8639497

Palavras-chave:

Álcool. Mulheres. Gênero. Questão social

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir sobre a importância da utilização da categoria analítica de gênero no atendimento de mulheres que adoeceram pelo uso de álcool. Os resultados de algumas dessas reflexões são apresentados neste ensaio teórico que teve como principal eixo a utilização da tríade gênero, integralidade e Questão Social. Sob esse aspecto, essas “lentes” de leitura da realidade social, expressas no atendimento, podem propiciar ao assistente social novas possibilidades de intervenção profissional.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dária Sirqueira Matsumoto, Faculdades Metropolitanas Unidas

Assistente Social, especialista em Serviço Social na Saúde Pública (IIER/SES-SP), especialista em Saúde Coletiva (FMU-SP), mestranda em Serviço Social (PUC/SP).

Downloads

Publicado

2015-08-14

Como Citar

MATSUMOTO, D. S. Mulheres e álcool: uma questão de gênero. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 12, n. 2, p. 237–257, 2015. DOI: 10.20396/sss.v12i2.8639497. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8639497. Acesso em: 6 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos