Organismos executivos de políticas para as mulheres no Maranhão: desafios e perspectivas

Autores

  • Lourdes de Maria Leitão Nunes Rocha Universidade Federal do Maranhão
  • Marly de Jesus Sá Dias Universidade Federal do Maranhão
  • Silse Teixeira de Freitas Lemos Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.20396/sss.v15i2.8648122

Palavras-chave:

Organismos de políticas. Mulheres. Gestão. Recursos humanos.

Resumo

Os organismos de políticas para as mulheres são expressão das conquistas dos movimentos feministas no Brasil, nas últimas décadas do século XX. Em quase 30 anos de existência tais organismos demonstram sua importância para a incorporação das demandas das mulheres e suas especificidades nas políticas públicas. Destarte, ainda enfrentam desafios para instituir uma nova dinâmica e forma de planejar, executar e avaliar estas políticas, bem como, se legitimarem frente aos demais órgãos do Governo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lourdes de Maria Leitão Nunes Rocha, Universidade Federal do Maranhão

Assistente Social, Doutora em Políticas Públicas, Professora do Departamento de Serviço Social

Marly de Jesus Sá Dias, Universidade Federal do Maranhão

Assistente Social, Doutora em Políticas Públicas, Professora do Departamento de Serviço Social

Silse Teixeira de Freitas Lemos, Universidade Federal do Maranhão

Assistente Social, Doutora em Políticas Públicas, Professora do Departamento de Serviço Social

Downloads

Publicado

2017-01-18

Como Citar

ROCHA, L. de M. L. N.; DIAS, M. de J. S.; LEMOS, S. T. de F. Organismos executivos de políticas para as mulheres no Maranhão: desafios e perspectivas. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 15, n. 2, p. 299–304, 2017. DOI: 10.20396/sss.v15i2.8648122. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8648122. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Resenha de Livro

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)