Representações de identidades raciais em capas da revista Raça Brasil: um estudo à luz da gramática do design visual

Autores

  • Viviane Seabra Pinheiro Universidade Federal de Minas Gerais
  • Célia Magalhães Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v53i1.8636543

Palavras-chave:

Gramática do Design Visual. Identidades Raciais. Revista Raça Brasil.

Resumo

No contexto brasileiro, tem havido um crescente interesse pelo uso da gramática do design visual (KRESS e VAN LEEUWEN, 1996) como método de análise eficaz para uma abordagem semiótica social. O presente trabalho, desenvolvido no âmbito do projeto CORDIALL da FALE/UFMG, busca contribuir para essa abordagem, a partir da análise de representações de identidades raciais em capas da revista Raça Brasil. O principal objetivo é investigar mudanças nos significados evocados pelas estruturas representacionais na imagem da capa das edições de novembro de 1996, 1998, 2004 e 2006 da referida publicação. A análise aponta para significados representacionais distintos ao longo de 10 anos de publicação da revista.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Seabra Pinheiro, Universidade Federal de Minas Gerais

Possui graduação e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais. 

Célia Magalhães, Universidade Federal de Minas Gerais

Atualmente é Professor Titular em Estudos Linguísticos da Universidade Federal de Minas Gerais.

Referências

CONCEIÇÃO, F. (1996). Mordendo um cachorro por dia. No Brasil a mídia retrata a imagem do negro com três “ll”: lúgubre, lúdico e luxurioso. In:

MUNANGA, Kabengele. (Org.) estratégias e políticas de combate à discriminação racial. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, p. 253-259.

D’ADESKY, J. (2001). pluralismo étnico e multiculturalismo: racismos e anti-racismos no Brasil. Rio de Janeiro: Pallas, 248 p.

HALLIDAY, M. A. K. (1978). language as social semiotic. London: Edward Arnold, 256 p.

HEBERLE, V. M. (2004). Revistas para mulheres no século 21: ainda uma prática discursiva de consolidação ou de renovação de idéias? linguagem em (dis)curso – LemD, Tubarão, v. 4, Especial, p. 85-112.

HODGE, R.; KRESS, G. (1988). social semiotics. Ithaca, New York: Cornell University Press, 285 p.

JEWITT, C.; OYAMA, R. (2001). Visual Meaning: a Social Semiotic Approach. In: VAN LEEUWEN, T.; JEWITT, C. Handbook of visual analysis. London, Thousand Oaks; New Delhi: Sage Publications, p. 134-156.

KRESS, G.; VAN LEEUWEN, T. (1996). Reading images: The Grammar of Visual Design. London; New York: Routledge, 288 p.

KRESS, G.; LEITE-GARCIA, R.; VAN LEEUWEN, T. (1997). Discourse Semiotics. In: VAN DIJK, T. discourse as structure and process. London; Thousand Oaks; New Delhi: Sage Publications, p. 256291.

MAGALHÃES, C. M. (2004). Interdiscursividade e conflito entre discursos sobre raça em reportagens brasileiras. Revista linguagem em (dis)curso - LemD, Tubarão, v. 4, Especial, p. 35-60.

MAGALHÃES, C. M. (2006). A critical discourse analysis approach to news discourses and social practices on race in Brazil. d.e.l.t.a., São Paulo, v. 22, n. 2, p. 275-301. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=s0102-44502006000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 19 abr. 2007.

MEDEIROS, H.; AJZENBERG, B.; OLIVEIRA, E. H. P. de; LEITÃO, M.;

ALMADA, S. (2002). A imprensa e o racismo. In: RAMOS, S. (Org.). mídia e racismo. Rio de Janeiro: Pallas, p. 26-58.

PINHEIRO, V. S. (2007). Analisando significados de capas da Revista Raça Brasil: um estudo de caso à luz da semiótica social. Belo Horizonte,

FALE/UFMG. (dissertação de mestrado).

REVISTA RAÇA BRASIL. (1996). São Paulo: Editora Símbolo, n. 3, nov. , 114 p.

REVISTA RAÇA BRASIL. (1998). São Paulo: Editora Símbolo, n. 27, nov. , 122 p.

REVISTA RAÇA BRASIL. (2004 ). São Paulo: Editora Símbolo, n. 80, nov. , 98 p.

REVISTA RAÇA BRASIL. (2006 ). São Paulo: Editora Símbolo, n. 104, nov. , 98 p.

ROSSINI, M. S. (1997). Xica da Silva e a luta simbólica contra a ditadura. o olho da história, Salvador, n. 4. Disponível em: http://www.oolhodahistoria.ufba.br/04rossin.html. Acesso em: 21 out. 2010.

VAN LEEUWEN, T. (1996). The Representation of Social Actors. In: CALDAS-COULTHARD, C. R.; COUTHARD, M. (Eds.). texts and practices: Readings in Critical Discourse Analysis. London; New York: Routledge, p. 32-70.

VAN LEEUWEN, T. (2005). Discourse. In: VAN LEEUWEN, T. introducing social semiotics. London; New York: Routledge, p. 93-116.

Downloads

Publicado

2011-06-09

Como Citar

PINHEIRO, V. S.; MAGALHÃES, C. Representações de identidades raciais em capas da revista Raça Brasil: um estudo à luz da gramática do design visual. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 53, n. 1, p. 39–58, 2011. DOI: 10.20396/cel.v53i1.8636543. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8636543. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos