Banner Portal
PRONOMES E CATEGORIAS VAZIAS EM PORTUGUÊS DO BRASIL
PDF

Como Citar

GALVES, Charlotte Marie Chambelland. PRONOMES E CATEGORIAS VAZIAS EM PORTUGUÊS DO BRASIL. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 7, p. 107–136, 2012. DOI: 10.20396/cel.v7i0.8636687. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8636687. Acesso em: 17 abr. 2024.

Resumo

-
https://doi.org/10.20396/cel.v7i0.8636687
PDF

Referências

CHAO, W., P. Sells (no prelo) "On the interpretation of resumptive pronouns", in Proceedings of NELS 13, Amherst, GLSA.

CHOMSKY, N. (1977) "On Wh-Movement", in P. Culicover, T. Wasow, and A. Armajian, eds., Formal Syntax, Academic Press, New York.

CHOMSKY, N. (1981) Lectures on Government and Binding, Foris, Dordrecht.

CHOMSKY, N. (1982) Some Concepts and Consequences of the theory of Government and Binding, MIT Press, Cambridge.

GALVES, C. (1983) "Algumas diferenças entre Português de Portugal e Português do Brasil e a teoria de regência e. vinculação", a ser publicado nos Anais do Congresso sobre a situação atual da Língua Portuguesa no Mundo, Lisboa.

HUANG, C.T. (1983) "On the distribution and reference of empty pronouns", ms.

KATO, M. (1981) “Orações relativas: variação universal e variação individual no português”, in Estudos Linguísticos V, PUC, São Paulo.

MOLLICA, M.C. (1977) "Estudo da cópia nas construções relativas em português", dissertação de mestrado, PUC, Rio de Janeiro.

MOREIRA, S. (1983) "Etudes sur la symétrie et l'asymétrie SUJET/OBJET dans le portugais du Brésil", Tese de doutoramento de 3º ciclo, Universidade Paris VIII.

PONTES, E. (1981) "Da importância do tópico em português", in Anais do V Encontro Nacional de Linguística, PUC, Rio de Janeiro.

TARALLO, F. (1983) "Relativization strategies in Brazilian Portuguese” Tese de doutoramento, Universidade da Pensilvânia, Philadelphia.

WHEELER, D. (1981) "Object deletion in Portuguese", ms.

WILLIAMS, (1980) "Predication" in Linguistic Inquiry 11, l, MIT Press, Cambridge.

O periódico Cadernos de Estudos Linguísticos utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.