OS NÍVEIS DE ATUAÇÃO DO "MAS" NO DISCURSO

Autores

  • Andréa Rodrigues UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v28i0.8636693

Resumo

-

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

HALLIDAY,M. e HASAN,R. (1976) Cohesion in English. London: Longman.

KOCH, I.G.V. (1984) Argumentação e Linguagem. São Paulo: Cortez.

MACEDO, A.T. e SILVA,G.M.O. (1989) “O papel dos marcadores na interação” Trabalho apresentado na ANPOLL, São Paulo.

MANN, W. e THOMPSON, S. (1986) “Relation Propositions in Discourse”. Dircourse Processes 9, 57-90.

MELO, G. C. Gramática Fundamental da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1980.

RODRIGUES, A. (1993) Para uma Descrição do mas no Discurso Falado. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Letras, UFRJ, Rio de Janeiro.

SCHIFFRIN, D. (1987) Discourse Markers. Cambridge: CUP.

SILVA, G.M.O. e MACEDO, A.T. (1986) “Análise Sociolingüística de Alguns Marcadores Conversacionais.” In: Relatório Final do Projeto MFUL ao Finep. Rio de Janeiro.

SILVA, G.M.O. e BRAGA, M.L. (1991) “Algumas Considerações sobre os Marcadores Discursivos”. In: Anais da 43a Reunião Anual da SBPC: 438-9.

VAN DIJK, T.A. (1977) Text and Context. Explorations in the Semantics and Pragmatics of Discourse. London/New York: Longman.

Downloads

Publicado

2012-11-23

Como Citar

RODRIGUES, A. OS NÍVEIS DE ATUAÇÃO DO "MAS" NO DISCURSO. Cadernos de Estudos Lingüísticos, Campinas, SP, v. 28, p. 39-46, 2012. DOI: 10.20396/cel.v28i0.8636693. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8636693. Acesso em: 29 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos