SOBRE O SUJEITO FLUENTE

Autores

  • Ester Mirian Scarpa Unicamp/IEL

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v29i0.8636925

Resumo

-

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABERCROMDIE. Elements of general phonetics. Edinburgh University Press. 1967.

CHOMSKY, N. Knowledge of language. Nova Iorque: Praeger. 1986.

COUPER-KUHLEN, E. An Introduction to English Prosody. Londres: Edward Arnold. 1986.

CRUTIENDEN, A. Intonation. Cambridge: Cambridge University Press. 1986.

FIAD, R. S. Operações linguísticas presentes na reescrita de textos. Revista Internacional de Língua Postuguesa, AULP, no. 4, Lisboa. 1991.

FIAD, R. S. Um estudo de variantes textuais e sua contribuição ao ensino de língua materna. Caderno de Estudos Linguísticos, 24, UNICAMP I IEL. 1993.

FIAD, R. S. O estudo de diferentes versões de um texto e a prática escolar. Esudos Linguísticos. XXII Anais de Seminários do GEL, vol. I. São Paulo, USP,. 1994.

PILLMORE, Ch. On fluency. In Individual differences in language ability and language behavior. Nova Iorque: Academic Press, 85-IOL. 1979.

FINN, P. & INGHAM, R. The selection of "fluent" samples in research on stuttering: conceptual and methodological considerations. In Healey, Ch (org.). Readings on research in stuttering. Nova Iorque: Longman Publishing Group, 91-109. 1991.

FRANCHI, C. Sobre a elaboração do texto escrito. Comunicação apresentada no Seminário do Projeto de Aquisição da Linguagem, Instituto de Estudos da Linguagem, UNICAMP, junho de 1993.

FRANÇOZO, E. Afasia e "modularidade da mente . Boletim da Abralin, 8, 63-76:1986.

FRANÇOZO, E. Ciência cognitiva: prospecção do solo linguístico. IX Encontro Nacional da ANPOLL, Caxambu, junho de 1994. 1994.

KOCH, I. V. & PEREZ, M. C. Mecanismos de elaboração do texto oral. VII Encontro da Gramática do Português Falado. Campos do Jordão, 1992.

HALLIDAY, M.A .K. The tones of English. 1967.

LAVER, J. The phonetic description of voice quality. Cambridge: Cambridge University Press. 1980. LEMOS, C. Los procesos metafóricos y metonímicos como mecanismos de cámbio. Substractwn, I, no.I. 1992.

LINDBLOM, B. Phonetic universaLç in vowel systenL5. In Ohala , J. & J. J. Jaeger. Experimental phonology. Academic Press, 13-44:1985. On the ru1tion of "Possible Speech Souruls". PERILUS XI, l-63:1990a. Phonetic variation and selection. PERILUS XI, 65-100:1990b.

MARCUSCHI, L. A. A repetição na língua falada: formas e funções. Tese de titulação inédita . Recife: Universidade Federal de Pernambuco. 1993.

MENN, L. Pattern, control and contrast in beginning speech. A case study in the development of word form and word function . Tese de doutorado, Universidade de Illinois. 1976.

NESPOR, M. & VOGEL, I. Prosodic phonology. Dordrecht, Foris Publications. 1986.

NUNES, J.J. Crestomatia Arcaica. Lisboa: Livraria Clássica Editora . 1906.

PÉCHEUX, M. O Discurso. Estrutura ou acontecimento. Campinas: Editora Pontes. 1990.

PETERS, A. The units of language acquisition. Cambridge University Press. 1983.

PETERS, A. & MENN, L. False starts and filler syllables: ways to learn grammatical morphemes. Language, 69, 742-777: 1993.

PLUNKETT, K. Lexical segmentation and vocabulary growth in early language acquisition. Journal of Child Language, 20, 43-60: 1993.

SCARPA, E. M. Aquisição da linguagem e aquisição da escrita: continuidade ou ruptura? Estudos Linguísticos, Anais do Seminários do GEL. 1987.

SCARPA, E. M. Organizações rítmicas na fala inicial. Anais do IX Encontro Nacional da ANPOLL. Universidade Federal da Paraíba. 1995.

SCLIAR-CABRAL, L.; MARTIM, E. & CHIARI, B. Fenômenos de pausa e hesitação em língua portuguesa. Anais do IV Encontro Nacional de Linguística, PUC- RJ, setembro de 1981.

SELKIRK, E. Phonology and syntax: the relation between sound and structure. Cambridge, MA, MIT Press. 1984.

YAIRI, E. & LEWIS, B. Disfluencies at the onset of stuttering. In Healey, Ch. (org.). Readings on research in stuttering. Nova Iorque, Longman Publishing Group, 55-60: 1991.

VILLERMART, O processo da escrita do texto literário. Cadernos de Estudos Linguísticos, nº 29. IEL/ UNICAMP. 1995.

DE VITTO, M. F. L. Os monólogos da criança. "Delírios da língua". Tese de doutorado inédita. IEL, UNICAMP. 1994.

WATERSON, N. (1971). Child phonology: a prosodic view. Journal of Linguistics, 7. 1971.

Downloads

Publicado

2012-10-06

Como Citar

SCARPA, E. M. SOBRE O SUJEITO FLUENTE. Cadernos de Estudos Lingüísticos, Campinas, SP, v. 29, p. 163-184, 2012. DOI: 10.20396/cel.v29i0.8636925. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8636925. Acesso em: 30 out. 2020.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)