Perspectiva linguístico-discursiva na terapêutica da gagueira

Autores

  • Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo Universidade Católica de Pernambuco
  • Jônia Alves Lucena Universidade Católica de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v51i2.8637210

Palavras-chave:

Gagueira.

Resumo

Endorsed in the theoretical estimates by the Analysis of the The French Discourse Analysis, that defines the person as social and marked ideologically, we analyze the therapeutical process of stuttering subjects from the perspective of that discourse linguistics conception. Under this view, we discuss Speech Therapeutic works that take stuttering as a manifestation of the body, involving muscular tension, breath, production of speech, genetics, in sum, an “illness”. We review Speech Therapeutic quarrels about stuttering, and launch a new view, from the discourse linguistics perspective, with therapeutically possibilities for these stuttering subjects. We analyze the speech clippings from the speech analysis of two stuttering subjects in process of Speech Therapeutic attendance, in a longitudinal form. We assume, thus, stuttering as a language matter, directly related to the production conditions, with therapeutically possibilities under the same perspective.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo, Universidade Católica de Pernambuco

É professora adjunto III da Universidade Católica de Pernambuco, atuando na Graduação em Fonoaudiologia e como professora e pesquisadora no Programa de Pós-graduação stricto sensu em Ciências da Linguagem.

Jônia Alves Lucena, Universidade Católica de Pernambuco

Professora do curso de Especialização em Gerontologia Social. 

Referências

AZEVEDO, N. P. S. G. (2000). “Uma análise discursiva da gagueira: trajetórias de silenciamento e alienação na língua”. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Fonoaudiologia) – PUC-SP.~

AZEVEDO, N. P. S. G.; FREIRE, M. R. (2001). “Trajetórias de silenciamento e aprisionamento na língua: o sujeito, a gagueira e o outro”, In: FRIEDMAN, S.; CUNHA, M.C. (Orgs) Gagueira e subjetividade: possibilidades de tratamento. São Paulo: Artmed.

AZEVEDO, N. P. S. G. (2006). “A gagueira na perspectiva lingüístico-discursiva: um olhar sobre a terapia”. Tese de doutorado (Doutorado em Letras e Lingüística) – UFPB-PB.

CHIZZOTTI, A. (1991). Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. São Paulo: Cortez Editora.

DEMO, P. (1995). Metodologia científica em ciências sociais. São Paulo, Atlas.

FERREIRA, R. A. (1998). A pesquisa científica nas ciências sociais, caracterização e procedimentos. Recife, Ed. Universidade da UFPE.

FOUCAULT, Michel. (1996). A ordem do discurso. São Paulo: Edições Loyola.

FOUCAULT, Michel. (1997). A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária.

FRIEDMAN, S. (1994). A construção do personagem bom falante. São Paulo: Summus.

FRIEDMAN, S. (1996). Reflexões sobre a natureza e o tratamento da gagueira. In: PASSOS, M.C. (org.) Fonoaudiologia: recriando seus sentidos. São Paulo: Plexus Editora.

MENEZES, P.C.S. (2003). Algumas relações entre a gagueira e a leitura sob uma perspectiva da Análise de Discurso. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Lingüística) – UFPE, Recife.

MERLO, S. (2006). Hesitações na fala semi-espontânea: análise por séries temporais. Dissertação de Mestrado (Mestrado em Lingüística). Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP,Campinas, SP.

MILLAN, B. (1993). A Clínica Fonoaudiológica: análise de um universo clínico. São Paulo: EDUC.

ORLANDI, E. (1987). A linguagem e seu funcionamento: as formas do discurso. Campinas, SP: Pontes.

ORLANDI, E. (2000). Análise de Discurso: princípios e procedimentos. Campinas, SP: Pontes.

SCARPA, E.M. (1995). Sobre o sujeito fluente. Cadernos de Estudos Lingüísticos, Campinas, v.29, p.163-184, Jul./Dez.

TASSINARI, M.I. (2001). Do sintoma ao sujeito: contribuições da Psicanálise para o atendimento de um paciente gago. In: FRIEDMAN, S.; CUNHA, M.C. (Orgs) Gagueira e subjetividade: possibilidades de tratamento. São Paulo: Artmed, p. 77-94.

VAN RIPER, C. (1972). Speech Correction: principles and methods. 5 ed., Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall, 1972.

VAN RIPER, C. (1973). The treatment of stuttering. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall.

VAN RIPER, C. (1982). The nature of stuttering. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall.

Downloads

Publicado

2011-07-14

Como Citar

AZEVEDO, N. P. da S. G. de; LUCENA, J. A. Perspectiva linguístico-discursiva na terapêutica da gagueira. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 51, n. 2, p. 167–186, 2011. DOI: 10.20396/cel.v51i2.8637210. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637210. Acesso em: 7 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos