“Razão e rima”: reflexões em torno da organização tópica de um rap paulista

Autores

  • Anna Christina Bentes Universidade Estadual de Campinas
  • Vivian Cristina Rio Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v48i1.8637259

Palavras-chave:

Linguística.

Resumo

Our main objective in this article is to describe the discursive topic organization of a brazilian rap. This rap lyrics presents a main discursive topic which is “the life story of a young thug”. This topic derives four topic frames: “narrator”, “narrator’s crimes”, “Guina” (narrator’s best friend) and “narrator’s murder”. The discursive topic organization shows that it is possible to construct a different image of a young” thug”: as someone who has a complex subjectivity and is not all the time only a “bad men”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Christina Bentes, Universidade Estadual de Campinas

Atualmente é professora do Departamento de Linguística da Universidade Estadual de Campinas. 

Vivian Cristina Rio, Universidade Estadual de Campinas

Professora da Unianchieta no curso de Publicidade e Propaganda, do MBA de Gestão de Pessoas da Integração Escola de Negócios e de cursos de extensão da Aberje. 

Referências

BAUMAN, R. (2004). A world of other’s words: cross-cultural perspectives on intertextuality. London: Blackwell Publishing.

BÉTHUNE, C. (1999). Le rap: une esthetique hors la loi. Paris: Editions Autrement.

DA MATTA, R. (1993). Conta de mentiroso: sete ensaios de antropologia brasileira. Rio de Janeiro: Rocco.

FRADIQUE, T. (2003). Fixar o movimento: representações de música rap em Portugal. Lisboa: Publicações D. Quixote.

JUBRAN, C.C.A.S et al. (1992). “Organização tópica da conversação”. In: ILARI, R. (org.). Gramática do português falado, vol. II. Campinas, SP: Editora da UNICAMP.

KOCH, I.G.V. (1992). Inter-ação pela linguagem. São Paulo: Contexto.

KOCH, I.G.V. (1997). O texto e a construção dos sentidos. São Paulo: Contexto.

KOCH, I.G.V. (2002) Desvendando os segredos do texto. São Paulo: Cortez.

FÁVERO, L. L. (2003) O tópico discursivo. Preti, D. (org.) Análise de textos orais. São Paulo: Humanitas FFLCH/USP.

MACEDO, M. F. G. (2003) O inferno são os outros: hip hop carioca como comunicação negativa. Revista INTERCOM, XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – BH/MG – 2 a 6 Set 2003.

Downloads

Publicado

2011-08-01

Como Citar

BENTES, A. C.; RIO, V. C. “Razão e rima”: reflexões em torno da organização tópica de um rap paulista. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 48, n. 1, p. 115–124, 2011. DOI: 10.20396/cel.v48i1.8637259. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637259. Acesso em: 6 dez. 2022.