Banner Portal
Correlação entre descontinuidade tópica e alternância de tipos textuais em programas de entrevistas e debates
PDF

Palavras-chave

Linguística.

Como Citar

GALEMBECK, P. T. Correlação entre descontinuidade tópica e alternância de tipos textuais em programas de entrevistas e debates. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 48, n. 1, p. 135–144, 2011. DOI: 10.20396/cel.v48i1.8637261. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637261. Acesso em: 23 set. 2023.

Resumo

This work discusses the correlation between the rupture of the on-going topic and the alternation of textual types. My starting point is both the current concept of topic (“something people talk about”) and the concept of textual types defined by Travaglia (1991), which are, narration, dissertation, injunction and description.

https://doi.org/10.20396/cel.v48i1.8637261
PDF

Referências

BAKHTIN, M. (1992). Os gêneros do discurso. In: Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, p. 279-326.

KOCH, I. V. (2000). Argumentação e Linguagem. 6. ed. São Paulo; Cortez.

TRAVAGLIA, L. C. (1991). Um estudo textual-discursivo do verbo no português. Campinas: S. C. P., (Tese de doutorado apresentada ao Instituto de Estudos da Linguagem).

TRAVAGLIA, L. C. (1996). Tipologia e a coesão/coerência no texto oral: transições tipológicas. In: CASTILHO, A. T. e BASÍLIO, M. (org.). Gramática do português falado V. IV-Estudos descritivos. Campinas: FAPESP/ ED. da UNICAMP, p. 453-471.

VILELA, M. e KOCH, I. V. (2000). Gêneros e seqüências textuais. In: Gramática da Língua Portuguesa. Coimbra: Almedina.

O periódico Cadernos de Estudos Linguísticos utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.