The Variation of Post-Vowel –S in the Portuguese Dialect of Rio de Janeiro

Autores

  • Edvan Pereira de Brito Georgetown University

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v58i1.8646158

Palavras-chave:

Palatalização. Variação linguística. Rio de Janeiro

Resumo

A cidade do Rio de Janeiro é conhecida por sua beleza exuberante e sua cultura única. Pelo menos entre os brasileiros, a cidade também se destaca por suas características dialetais, das quais a realização alveopalatal do –s pós-vocálico é provavelmente a mais notável. No dialeto carioca, –s pós-vocálico é geralmente pronunciado como os sons alveopalatais [ʃ] e [ʒ], diferente das pronúncias alveolares [s] e [z], mais comuns em alguns outros dialetos do português brasileiro. Em vista disso, o objetivo do presente estudo foi analisar a variação de –s pós-vocálico no referido dialeto para saber quais são os fatores linguísticos e sociais mais relevantes para a ocorrência desse fenômeno de variação. Seguindo os princípios da sociolinguística variacionista, foi analisada a influência de duas variáveis linguísticas – idade e gênero – e duas variáveis não-linguísticas – contexto sonoro seguinte e tipo silábico. Depois da análise dos dados com o VABRUL, constatou-se que tipo silábico e idade foram os grupos de fatores com influência mais significativa para a ocorrência de [ʃ] e [ʒ]. Contexto sonoro seguinte e gênero foram descartados como insignificantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edvan Pereira de Brito, Georgetown University

Doutorando no Programa de Doutorado em Sociolinguísitca da Georgetown University e Professor de Português como Língua Estrangeira na Howard University, ambas em Washington, DC, USA. Mestre em Comunicação pela Howard University. Bacharel e Licenciado em Letras (Português e Linguística) pela Universidade de São Paulo.

Referências

ACKERLIND, S. R.; JONES-KELLOGG, R. (2011). Portuguese: a reference manual. Austin, TX: University of Texas Press, (2000). 366p.

GRYNER, H. ; MACEDO, A. V. T. A pronúncia do –s pós vocálico na região de Cordeiro [Pronunciation of post-vocalic –s in the Cordeiro region]. In: Maria C. MOLLICA, M. C.; MARTELOTTA, M. E. (2000). Análises linguísticas: A contribuiçãoo de Alzira Macedo [Linguistic analyses: Alzira Macedo’s contribution]. Rio de Janeiro: UFRJ. p 26-51.

GUY, G. R. (1981). Linguistic variation in Brazilian Portuguese: Aspects of the phonology, syntax, and language history. 1981. 391p. (Ph. D. Dissertation) - University of Pennsylvania, Philadelphia.

LABOV, W. (1972). Sociolinguistic patterns. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 362p.

LOPEZ, B. S. (1979). The sound pattern of Brazilian Portuguese (Cariocan dialect). 265p. (Ph. D. Dissertation) University of California, Los Angeles. 1979

NASCENTES, A. (1953). O linguajar carioca [The Carioca dialect]. 2nd ed. Rio de Janeiro: Organização Simões, 217p.

PERINI, M. A. (2002). Modern Portuguese: A reference grammar. New Haven, CT: Yale University, 592p.

REIS, I. (1992). Retraction in Cariocan Portuguese. Kansas Working Papers in Linguistics, Kansas, v. 17, p. 25-53.

SCHERRE, M. M. P.; MACEDO, A. V. T. Restrições fonético-fonológicas e lexicais: O –s pós-vocálico no Rio de Janeiro [Phonetic, phonologic, and lexical restrictions: Post-vocalic –sin Rio de Janeiro]. In: MOLLICA, M. C.; MARTELOTTA, M. E. (eds.) (2000). Análises linguísticas: A contribuiçãoo de Alzira Macedo [Linguistic analyses: Alzira Macedo’s contribution]. Rio de Janeiro: UFRJ, p. 52-64.

SILVA, T. C. Fonética e fonologia do português: roteiro de estudos e guia de exercícios [Phonetics and Phonology of Portuguese: Study guide and exercises]. São Paulo, SP: Contexto, 1998. p. 254.

Downloads

Publicado

2016-03-23

Como Citar

BRITO, E. P. de. The Variation of Post-Vowel –S in the Portuguese Dialect of Rio de Janeiro. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 58, n. 1, p. 139–151, 2016. DOI: 10.20396/cel.v58i1.8646158. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8646158. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos - Seção geral