Qual política linguística? Desafios glotopolíticos contemporâneos.

Autores

  • Carlos Alberto Faraco Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v60i3.8653441

Palavras-chave:

Resenha. Sociolinguística. Glotopolítica.

Resumo

O Professor Xoán Carlos Lagares é um galego-brasileiro. Talvez hoje, depois de décadas vivendo e trabalhando no Brasil, já seja mais brasileiro do que galego. Tem uma sólida formação filológica obtida na Universidade da Coruña (Galiza) onde fez sua graduação e mestrado em Filologia Hispânica Galego Português e se doutorou em Linguística no Âmbito Galego Português. Seus interesses acadêmicos abarcam também a história social e cultural da língua e a política linguística. É professor da Universidade Federal Fluminense, em Niterói, onde atua como docente do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem, na linha de pesquisa de História, Política e Contato Linguístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Faraco, Universidade Federal do Paraná

Possui graduação em Letras Português/Inglês pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1972), mestrado em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (1978) e doutorado em Linguística - University of Salford (1982). Fez pós-doutorado em Linguística na University of California (1995-96). Professor Titular (aposentado) da Universidade Federal do Paraná.

Downloads

Publicado

2018-11-22

Como Citar

FARACO, C. A. Qual política linguística? Desafios glotopolíticos contemporâneos. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 60, n. 3, p. 874–877, 2018. DOI: 10.20396/cel.v60i3.8653441. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8653441. Acesso em: 8 fev. 2023.

Edição

Seção

Resenhas