A avaliação perceptiva de atributos paralinguísticos e extralinguísticos na fala de uma comunidade de prática

um experimento sociofonético perceptivo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v63i00.8663406

Palavras-chave:

Sociofonética, Percepção de fala, Caiçaras do Litoral Norte de São Paulo

Resumo

Este trabalho tem como objetivo investigar as impressões causadas, pelo falar de sujeitos de uma comunidade de prática caiçara, em grupos de ouvintes de três localidades diversas, por meio da aplicação de um questionário de diferencial semântico, o qual contém descritores referentes a atributos paralinguísticos e extralinguísticos: psicológicos, sociais, culturais, físicos e econômicos. Trata-se de uma pesquisa de natureza sociofonética perceptiva que compreende uma tarefa de produção e uma de percepção e utiliza o método de análise estatística multidimensional. Os resultados indicam que a fala da comunidade caiçara não causou nenhuma estranheza ou incompreensão, mas foi considerada pouco agradável pelos juízes de todas as localidades. Com base nas variáveis estatisticamente significantes, os caiçaras, a partir da percepção da sua maneira de falar, foram julgados como pessoas que exercem trabalhos manuais, apresentam situação financeira baixa e são ingênuos, simplórios e humildes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Ap. F. Tanuri, Prefeitura Municipal de Caraguatatuba

Doutora em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUC-SP. Professora de Educação Infantil na Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Caraguatatuba.

Sandra Madureira, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora titular do Departamento de Linguística da PUCSP e professora do Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada da PUCSP.

Mario Augusto de Souza Fontes, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Doutor em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem pela PUCSP.

Maria Aparecida Caltabiano, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora Associada da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil

Referências

BARBOSA, P. A. Incursões em torno do ritmo da fala. Campinas, SP: Pontes Editores; Fapesp, 2006.

BAGNO, M. Preconceito Linguístico. Como é e como se faz. São Paulo, SP: Editora Loyola, 2003.

BILIOTTI, F. CALAMAI, S. Linguistic opinions and attitudes in Tuscany: verbal guise experiments on the varieties of Arezzo and Florence. Proceedings of the Workshop “Sociophonetics, at the crossroads of speech variation, processing and communication”. Pisa, December 14th-15th, 2010. Disponível em: < https://edizioni.sns.it/en/testi-online/pdf-scaricabile.html > Acesso em: 20/07/2019.

CAMARGO, C. P. M. P. de. Territorialidades caiçaras, urbanização e turismo no município de Paraty, RJ. Boletim Campineiro de Geografia, v. 6, n. 2, 2016. Disponível em: < http://agbcampinas.com.br/bcg/index.php/boletim-campineiro/article/view/301> Acesso em: 05/05/2019.

DICIONÁRIO INFORMAL. Disponível em: https://www.dicionarioinformal.com.br/

DIEGUES, A. C. S. (Org.) Enciclopédia Caiçara, vol. 4: História e Memória Caiçara. São Paulo: NUPAUB-CEC/HUCITEC, 2005.

DIEGUES, A. C. S. A mudança como modelo cultural: O caso da cultura caiçara e a urbanização. In: Diegues, A. C. Enciclopédia Caiçara, vol. I: O olhar do pesquisador. São Paulo: NUPAUB-CEC/HUCITEC, 2004.

DIEGUES, A. C. S. Depoimento em Reportagem por Allison Almeida, André Gobi e Guilherme Rodrigues. Dossiê 193 Povos tradicionais. ComCiência. Revista eletrônica de Jornalismo Científico. 09 de novembro de 2017. Disponível em: < http://www.comciencia.br/caicaras-o-tradicional-povo-do-litoral-brasileiro/ > Acesso em: 31/11/2019.

ECKERT; P; MCCONNELL-GINET, S. Comunidades de práticas: lugar onde coabitam linguagem, gênero e poder. In: OSTERMANN, A. C.; FONTANA, B. Linguagem, sexo, sexualidade. São Paulo: Parábola Editorial, 2010. [original de 1992].

FOULKES, P. SCOBBIE, J. M. WATT, D. Sociophonetics. In William J. Hardcastle, John Laver & Fiona E. Gibbon (eds.), The handbook of phonetic sciences, 703–754. Oxford: Wiley-Blackwell, 2010.

FLYNN, N. A preliminary investigation of the sociophonetics of Nottingham adolescents. Proceedings of the Workshop “Sociophonetics, at the crossroads of speech variation, processing and communication”. Pisa, December 14th-15th, 2010. Disponível em: < https://edizioni.sns.it/en/testi-online/pdf-scaricabile.html> Acesso em: 20/09/2019.

GONÇALVES, C. S.; BRESCANCINI, C. R. Considerações sobre o papel da sociofonética. Language and Law / Linguagem e Direito, Vol. 1(2), 2014, p. 67-87. < http://hdl.handle.net/10923/10825 > Acesso em: 11/11/2019.

LABOV W. Padrões sociolinguísticos. São Paulo: Parábola, 2008.

MAEKAWA, K. Production and Perception of ‘Paralinguistic’ Information. International Conference: Speech Prosody, 2004. Disponível em: < https://www2.ninjal.ac.jp/kikuo/SP2004.pdf > Acesso em 15/10/2019.

PÉS NA AREIA – Um retrato da resistência caiçara. Roteiro, edição e direção Antonio Penedo. Documentário produzido entre janeiro e novembro de 2011. Projeto realizado com apoio do Governo de São Paulo Secretaria de Estado da Cultura - PROAC (Programa de Ação Cultural). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=4GA5kl_Fb4E. 47min46.

PRESTON, D.R; ROBINSON, G. C. Dialect Perception and Attitudes to Variation. In: Ball, M. J. (ed.) Clinical Sociolinguistics. MA/Oxford: Blackwell Publishing Ltd, 2005 (Language in society, 36:133).

SILVA, J.; MEIRELES, A. Estudo sociofonético do ritmo da fala capixaba. Journal of Speech Sciences 1(1):3-13, 2011. Disponível em: <http://www.journalofspeechsciences.org > Acesso em 11/11/2019.

TARALLO, F. A pesquisa sociolinguística. 2 ed. São Paulo: Editora Ática, 1986.

TERRA CAIÇARA - Disponível em: < https://www.youtube.com/user/terracaicara >; vídeo da entrevista Artesanato 5, disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=vmkjHM1We9A>

THOMAS, E. R. Sociophonetics: An Introduction. Macmillan International Higher Education: 2011.

Downloads

Publicado

2021-05-20

Como Citar

TANURI, M. A. F. .; MADUREIRA, S.; FONTES, M. A. de S.; CALTABIANO, M. A. A avaliação perceptiva de atributos paralinguísticos e extralinguísticos na fala de uma comunidade de prática: um experimento sociofonético perceptivo . Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 63, n. 00, p. e021014, 2021. DOI: 10.20396/cel.v63i00.8663406. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8663406. Acesso em: 19 out. 2021.