Ordinário do sentido e resistência em luto/luta no Jornal Boca de Rua

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v63i00.8665177

Palavras-chave:

Luto, Ordinário do sentido, Resistência

Resumo

O processo de elaboração e circulação do luto ganha corpo nas palavras e nas imagens expostas na edição n° 76 do Jornal Boca de Rua (Porto Alegre/RS), o único jornal brasileiro produzido por pessoas em situação de rua. A edição de meados de 2020 traz, na capa, a imagem de Leandro Corrêa, um dos integrantes do Boca, que, segundo o Jornal, foi “morto pelo sistema”. Com o protagonismo de Leandro no Jornal e com a divulgação de sua morte – junto com sua vida – o Jornal Boca de Rua formula o luto como um gesto político e social, materializando a resistência via ordinário do sentido. Através da análise da reportagem de capa, podemos observar elementos materiais que apontam para esse gesto de resistência, rompendo com o ‘enquadramento’ sobre quem pode e deve ser objeto de luto na nossa formação social. As derivas possíveis entre morte e assassinato, entre notícia e denúncia, entre notícia e homenagem permitem a interpretação do texto de capa como forma de elaboração e circulação do luto, inseparável de uma luta simbólica. A Análise de Discurso Materialista opera teórica e analiticamente no processo de descrição e interpretação do corpus, trazendo contribuições fundamentais para a discussão sobre luto/luta a partir da posição dominada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Iost Vinhas, Universidade Federal de Pelotas

Pós-Doutorado na Universidade Católica de Pelotas, UCPEL, Brasil.

Referências

ALTHUSSER, Louis. Sobre a reprodução. Tradução Guilherme João de Freitas Teixeira.

ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

AUTHIER-REVUZ, Jacqueline. Heterogeneidade mostrada e heterogeneidade constitutiva: elementos para uma abordagem do outro no discurso. In: AUTHIER-REVUZ, Jacqueline. Entre a transparência e a opacidade: um estudo enunciativo do sentido. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004, p. 11-80.

AUTHIER-RÉVUZ, Jacqueline. Palavras mantidas a distância. In: CONEIN, Bernard et al. (Orgs.). Materialidades discursivas. Campinas: Editora da UNICAMP, 2016, p. 201-226.

BALDINI, Lauro José Siqueira. Luto, discurso, história. In: GRIGOLETTO, Evandra; DE NARDI, Fabiele Stockmans; SILVA SOBRINHO, Helson Flávio. (Orgs.) Imaginário, sujeito, representações. Recife: Editora da UFPE, 2018, p. 26-34.

BALDINI, Lauro; NASCIMENTO, Elisa Mara do. “Esse verso é um pouquinho de uma vida inteira...”: os inumeráveis e a morte inominável. Revista Linguasagem, São Carlos, v. 37, Número Temático, janeiro, 2021, p. 67-90.

BEATRIZ, Rebeca. Caixões serão empilhados em valas comuns de Manaus para suprir demanda de enterros; famílias criticam medida: ‘Não é digno’. G1 Amazonas. Disponível em: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2020/04/27/corpos-serao-empilhados-em-valas-comuns-de-manaus-para-suprir-demanda-de-enterros-familias-criticam-medida-nao-e-digno.ghtml. Acesso em 8 de março de 2021.

BLANCO, Glaucia Almeida Reis. Não é mais um monólogo: midiativismo negro digital, contra-agendamento e mídia hegemônica no Brasil. Dissertação de mestrado. Mestrado em relações étnico-raciais. Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca, Rio de Janeiro, 2019.

BONINI, Adair. O jornal escolar como mídia contra-hegemônica – jornalismo de escola não modelado pelo jornalismo comercial dominante. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, SC, v. 17, n. 2, p. 165-182, maio/ago. 2017.

BUTLER, Judith. Vida precária: os poderes do luto e da violência. Tradução de Andreas Lieber. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

CHAVES, Tyara Veriato. Entre a escrita e o olhar: uma poética da violência. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Linguística. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2020. 210 p.

DELA-SILVA, Silmara. Do acontecimento jornalístico e do arquivo: efeitos do/no discurso. In: GRIGOLETTO, Evandra; DE NARDI, Fabiele Stockmans. (Orgs.). A Análise do discurso e sua história: avanços e perspectivas. Campinas: Pontes, 2016, p. 257-269.

DE OLHOS ABERTOS. Direção: Charlotte Dafol. Produção de ALICE. Brasil: ALICE, 2020.

DUNKER, Christian. Teoria do luto em psicanálise. Pluralidades em Saúde Mental, Curitiba, v. 8, n. 2, p. 28-42, jul./dez. 2019.

ERNST, Aracy Graça. A falta, o excesso e o estranhamento na constituição/interpretação do corpus discursivo. In: SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM ANÁLISE DO DISCURSO, 4., 2009, Porto Alegre, RS. Anais... Porto Alegre: UFRGS, 2009. Disponível em: https://www.ufrgs.br/analisedodiscurso/anaisdosead/4SEAD/SIMPOSIOS/AracyErnstPereira.pdf. Acesso em 31 de março de 2021.

INDURSKY, Freda. Argumentação na mídia: do fio do discurso ao processo discursivo – um contraponto. Letras, Santa Maria, v. 27, p. 55-66, 2003.

INDURSKY, Freda. A memória na cena do discurso. In: INDURSKY, Freda; MITTMANN, Solange; FERREIRA, Maria Cristina L. (Orgs.). Memória e história na/da análise do discurso. Campinas: Mercado de Letras, 2011.

INDURSKY, Freda. Políticas do Esquecimento X Políticas de Resgate da Memória. In: FLORES, Giovanna; NECKEL, Nadia; GALLO, Solange. (Orgs.) Análise de Discurso em rede: cultura e mídia, v. 1. Campinas: Pontes, 2015, p. 11-27.

FERNANDES, Talita. Conheça o jornal brasileiro totalmente produzido por pessoas em situação de rua. Global Voices, 2020. Disponível em: https://pt.globalvoices.org/2020/07/09/conheca-o-jornal-brasileiro-totalmente-produzido-por-pessoas-em-situacao-de-rua/. Acesso em 24 de fevereiro de 2021.

G1 RS. Hospital Moinhos de Vento instala contêiner para colocar corpos, em Porto Alegre. G1 RS. Disponível em: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2021/03/03/hospital-moinhos-de-vento-instala-conteiner-para-colocar-corpos-em-porto-alegre.ghtml. Acesso em 8 de março de 2021.

JORNAL BOCA DE RUA. “Força na peruca”. Jornal Boca de Rua, Porto Alegre, ano 19, n. 76, 2020.

MALDIDIER, Denise. A inquietação do discurso – (Re)ler Michel Pêcheux hoje. Tradução de Eni Orlandi. Campinas: Pontes, 2003.

MARIANI, Bethânia. O PCB e a imprensa: os comunistas no imaginário dos jornais (1922-1989). Rio de Janeiro: Revan; Campinas: Editora da UNICAMP, 1998.

MARIANI, Bethânia. Os primórdios da imprensa no Brasil (ou: de como o discurso jornalístico constrói memória). In: ORLANDI, Eni. (Org.) Discurso fundador: a formação do país e a construção da identidade nacional. 3.ed. Campinas: Pontes, 2003, p. 31-42.

MBEMBE, Achille. Políticas da inimizade. Lisboa: Antígona, 2017.

MBEMBE, Achille. Necropolítica: biopoder, soberania, estado de exceção, política da morte. 1. ed. São Paulo: n-1 edições, 2018.

ORLANDI, Eni. Efeitos do verbal sobre o não-verbal. Rua, Campinas, n.1, 1995, p. 35-47.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, inversões, deslocamentos. Tradução de José Horta Nunes. Cadernos de Estudos Linguísticos, v. 19, p. 7-24, jul./dez., 1990.

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução de Eni Orlandi. Campinas: Pontes, 2006.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Orlandi [et al.] Campinas: Editora da UNICAMP, 2009.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso. Tradução de Eni Orlandi e Greciely Costa. Campinas: Pontes, 2019.

SILVA, Renata Silveira da. O tempo discursivo na constituição do imaginário do trabalhador no discurso da CUT. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Letras. Universidade Católica de Pelotas, Pelotas, 2010, 200p.

VINHAS, Luciana Iost. O impossível da existência: prisão, mulheres e classe. São Carlos: Pedro & João Editores, 2021a.

VINHAS, Luciana Iost. E se fosse ao contrário? Se o gênero nos une, a classe e a raça nos dividem. In: SILVA, Dalexon Sérgio da; SILVA, Claudemir dos Santos. (Orgs.). Pêcheux em (dis)curso: entre o já-dito e o novo. Uma homenagem à professora Nadia Azevedo. Vol. 01. São Carlos: Pedro & João Editores, 2021, p. 141-164.

ZOPPI-FONTANA, Mónica Graciela. Lugares de enunciação e discurso. Leitura – Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística, Maceió, v. 23, p. 15-24, jan./jun., 1999.

Downloads

Publicado

2021-11-29

Como Citar

VINHAS, L. I. Ordinário do sentido e resistência em luto/luta no Jornal Boca de Rua. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 63, n. 00, p. e021034, 2021. DOI: 10.20396/cel.v63i00.8665177. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8665177. Acesso em: 21 jan. 2022.

Edição

Seção

Versões do luto: análise do discurso e psicanálise