Investigação e Emancipação: “Um Sol Amarelo”

Autores

  • Jéssica Luíza de Sousa Ribas Universidade Federal de Minas Gerais
  • Sara Rojo Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.20396/conce.v3i1.8647690

Palavras-chave:

Emancipação

Resumo

Resultado de um continente que sofreu com incessantes abusos ao longo de sua história, a América Latina, explorada e molestada pelo poder político, econômico, social, militar e ideológico, é, principalmente, reconhecida por suas constantes lutas. Desde os primórdios, na conquista inicial do território, os povos indígenas resistiram diante do controle e da força bruta dos colonizadores, travando duras batalhas para defender o seu espaço e não ter sua autonomia roubada. Injustiças como estas não cessaram com o passar dos anos. Seja por tirania ou até mesmo preconceito minorias foram e permanecem sendo violentadas direta e indiretamente. Povos ainda segregados por sua raça, classe, etnia, nacionalidade, sexo ou orientação sexual. Mas que, apesar disso, mantém também sua configuração inicial de ajuntamento a fim de constituir proteção e uma barreira frente às opressões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéssica Luíza de Sousa Ribas, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestranda no Programa de Estudos Literários da FALE/UFMG, na área de concentração Literaturas Modernas e Contemporâneas e linha de pesquisa Literatura, outras Artes e Mídias. Bacharel em Interpretação Teatral pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais. Possui Licenciatura em Teatro pela EBA/UFMG. É membro pesquisadora do Núcleo de Estudos em Letras e Artes Performáticas (NELAP). 

Sara Rojo, Universidade Federal de Minas Gerais

CNPq

Referências

ADVERSE, Helton. Maquiavel. In AVRITZER, Leonardo (org.). Corrupção: ensaios e críticas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, 2a ed, p.31.

ASSMANN, Aleida. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Campinas: Ed. UNICAMP, 2011.

AVELAR, Idelber. Alegorias da derrota: a ficção pós-ditatorial e o trabalho do luto na América Latina. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2003.

AVELAR, Idelber. Entrevista: A narrativa rendida, conversa com Idelber Avelar. 2012. http://primeirafonte.blogspot.com.br/2012/02/narrativa-rendida-conversa-com-idelber.html Acesso em 17/01/2014 às 13h15.

BRIE, César. Em um sol amarelo. Trad. Consuelo Maldonado e Patrícia Leonardeli. Salvador: EDUFBA, 2010.

COSTA, Maria Iranilde Almeida. Histórias dentro da história: estudo das alegorias em Noturno do Chile, de Roberto Bolaño. Revista Garrafa 27, 2012. http://www.letras.ufrj.br/ciencialit/garrafa/garrafa27/mariairanilde_historias.pdf Acesso em 06/jan/2014 às 10h28.

DIDI-HUBERMAN, Georges. O que vemos, o que nos olha. Trad. Paulo Neves. São Paulo: Ed. 34, 1998.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Sobrevivência dos vaga-lumes. Trad. Vera Casa Nova e Márcia Arbex. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2011.

GIORDANO, D.F. Breve Ensaio sobre o conceito de Teatro Documentário. Performatus, v.1, p.performatus.net. 2013. ISSN 2316-8102.

MAQUIAVEL, Nicolau. Comentários sobre a primeira década de Tito Lívio. Trad. Sérgio Bath. Brasília, Editora UnB, 1994, 3a ed, p.387.

PATRIOTA, Rosangela. Teatro brasileiro. In AVRITZER, Leonardo (org.). Corrupção: ensaios e críticas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, 2a ed, p.242

ROJO, Sara. Crítica latino-americana de teatro e cinema: imagens. In ROJO, Grínor; ROJO, Sara; RAVETTI, Graciela. Para uma crítica política da literatura: três perspectivas latino-americanas. Belo Horizonte: Nandyala, 2012. p. 93

ROJO, Sara. Teatro e pulsão anárquica: estudos teatrais no Brasil, Chile e Argentina. Belo Horizonte: Nandyala, 2011. p.25 - 52.

TAYLOR, Diana. O arquivo e o repertório: performance e memória cultural nas Américas. Trad. Eliana Lourenço de Lima Reis. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

VIEIRA, Elise. História oral e autobiografia no Teatro Documentário. Belo Horizonte: Dissertação de Pós Graduação em Artes, UFMG, 2013.

Downloads

Publicado

2014-09-16

Como Citar

Ribas, J. L. de S., & Rojo, S. (2014). Investigação e Emancipação: “Um Sol Amarelo”. Conceição/Conception, 3(1), 16–27. https://doi.org/10.20396/conce.v3i1.8647690

Edição

Seção

Artigos Temáticos