Banner Portal
Inquietações
PDF
PDF (English)

Palavras-chave

Pandemia
Necropolítica
Antonin Artaud

Como Citar

Dias, L. da C., Silveira, M. de N. da, Maia, R., Pereira , L. G. F. ., & Baldin, P. M. . (2020). Inquietações: pandemia, crise, necropolítica, Artaud . Conceição/Conception, 9(00), e020009. https://doi.org/10.20396/conce.v9i00.8660589

Resumo

Este artigo parte da pandemia por COVID-19, no Brasil de 2020, para propor uma reflexão que coadune conceitos como o de Necropolítica, Crise e Biopoder com o pensamento anár-quico de Antonin Artaud, figura-chave para os estudos teatrais, de modo a propor linhas de fuga ao momento atual, tentando pensar para além da crise. Articula-se aqui referências importantes do pensamento contemporâneo sobre a situação pandêmica com as inquietações que nos assolam enquan-to artistas e pesquisadores do Aporia - Grupo de pesquisas em Filosofia e Performance, discutidas virtualmente ao longo dos meses de isolamento social ocasionados pela pandemia.      
https://doi.org/10.20396/conce.v9i00.8660589
PDF
PDF (English)

Referências

AGAMBEN, Giorgio. “O estado de exceção provocado por uma emergência imotivada”. In Revista IHU Online. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/596584-o-estado-de-excecao-provocado-por-uma-emergencia-imotivada. Acesso em: 27 de fevereiro. 2020.

ARTAUD, Antonin. O teatro e seu duplo. Trad: Teixeira Coelho. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

ARTAUD, Antonin. “Para acabar com o julgamento de Deus”. In WILLER, C. (tradução, seleção e notas). Escritos de Antonin Artaud. Porto Alegre: L&PM, 1983.

BADIOU, Alain. “Sobre a situação epidêmica”. In Blog da Boitempo. Disponível em: https://blogdaboitempo.com.br/2020/04/08/badiou-sobre-a-situacao-epidemica/. Acesso em: 08 de abril de 2020.

BARBOSA, Mariana (Org.). Pós-verdade e Fake News: Reflexões Sobre a Guerra de Narrativas. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

BAUMAN, Zygmunt. Vidas Desperdiçadas. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005.

BUTLER, J. O Capitalismo tem seus limites. Disponível em: https://www.redebrasilatual.com.br/blogs/blog-na-rede/2020/03/judith-butler-sobre-a-covid-19-o-capitalismo-tem-seus-limites/. Publicado em 23 de maio de 2020. Acesso em: 06 de julho de 2020.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. “28 de Novembro de 1974. Como criar para si um corpo sem órgãos” In Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 2004.

DIEGUEZ, Flávio. “O homem é um vírus”. In Revista Super Interessante. Disponível em https://super.abril.com.br/ciencia/o-homem-e-um-virus/. Publicado em: 30 junho de 2002. Acessado em: 01 de julho de 2020.

ECO, Umberto. O Pêndulo de Foucault. São Paulo: Record, 1989.

ESPOSITO, R. Curados até o fim. Disponível em: https://literatura-italiana.blogspot.com/2020/04/curados-ate-o-fim-roberto-esposito.html. Acesso em: 06 de julho de 2020.

FOUCAULT, Michel. Nascimento da Biopolítica: curso dado no Collège de France, 1978-1979. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

MARCELO, W. “Antonin Artaud liberto das amarras do juízo: o corpo-sem-órgãos como crítica ao pensamento ocidental”. In Revista Entrelinhas, v. 7, n. 2, jul./dez. 2013.

MIGNOLO, Walter D. The Darker Side of the Renaissance: Literacy, Territoriality, & Colonization. Michigan: University of Michigan Press, 2003.

MBEMBE, Achille. Necropolítica. São Paulo: N1 edições, 2018.

PÁL PELBART, Peter. O Avesso do Niilismo: cartografias do esgotamento - Cartography of Exhaustion: nihilism inside out (Edição bilingue). São Paulo: N-1 Edições, 2013.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A Cruel Pedagogia do Vírus. Coimbra: Edições Almedina, 2020.

SANTOS, Boaventura de Sousa; MENESES, M. P.(Orgs.). Epistemologias do Sul. Coimbra: Almedina, 2009.

SARAMAGO, José. Ensaio sobre a cegueira. São Paulo: Cia. das Letras, 2005.

SIQUEIRA, Vinícius. Bauman e o lixo humano: o refugo da globalização. Colunas Tortas. 2 de junho. 2013. Disponível em: https://colunastortas.com.br/bauman-e-o-lixo-humano-o-refugo-da-globalizacao/. Acesso em: 29 de maio de 2020.

SOARES, Marcelo et al. “Dados do SUS revelam vítima-padrão de Covid-19 no Brasil: homem, pobre e negro” In: ÉPOCA: portal de notícias. Disponível em: https://epoca.globo.com/sociedade/dados-do-sus-revelam-vitima-padrao-de-covid-19-no-brasil-homem-pobre-negro-24513414. Publicado em: 03 de julho de 2020.

SONTAG, Susan. A doença como metáfora. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1984.

ZIZEK, Slavoj. Coronavírus é um golpe estilo “Kill Bill” para o capitalismo e pode levar à reinvenção do comunismo. Disponível em: http://agbcampinas.com.br/site/2020/slavoj-zizek-coronavirus-e-um-golpe-estilo-kill-bill-para-o-capitalismo-e-pode-levar-a-reinvencao-do-comunismo/. Publicado em: 25 de maio de 2020. Acesso em: 06 de julho de 2020.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Luciana da Costa Dias

Downloads

Não há dados estatísticos.