Relação entre distorção de imagem corporal e risco de desenvolvimento de transtornos alimentares em adolescentes

Palavras-chave: Imagem corporal, Comportamento alimentar, Adolescentes

Resumo

O objetivo do estudo foi investigar a relação entre imagem corporal e risco de desenvolvimento de transtornos alimentares em adolescentes. Foram sujeitos, 139 adolescentes de ambos os gêneros, com idade entre 15 e 17 anos, de um colégio estadual de uma cidade de pequeno porte do noroeste do Paraná. Os adolescentes responderam dois questionários: Teste de Atitudes Alimentares (EAT), validado por Bighetti (2003), e o Questionário de Imagem Corporal (BSQ), validado para o Brasil por Di Pietro (2002). O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e todos os responsáveis pelos participantes assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido. Para análise dos dados utilizou-se Teste de Qui-quadrado de Pearson, adotando p<0,05. Verificou-se que grande parte dos adolescentes não apresentou distorção de imagem corporal (74,1%) e risco de transtorno alimentar (89,9%). No entanto, quando se associou em função dos gêneros, houve associação entre distorção de imagem corporal e risco de desenvolvimento de transtornos alimentares com o gênero, onde as maiores prevalências foram observadas no sexo feminino. Concluiu-se, que meninas entre 15 e 17 anos, são mais predisponentes para o desenvolvimento de distúrbio de imagem corporal e risco de transtorno alimentar do que meninos, em uma cidade de pequeno porte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bianca Sisti Cubrelati, Universidade Estadual de Maringá

Universidade Estadual de Maringá – UEM , Maringá, Paraná -
Brasil

Patrícia Aparecida Gaion Rigoni, Universidade Estadual de Maringá

Professora Assistente, Mestre, do Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá

Lenamar Fiorese Vieira, Universidade Estadual de Maringá

Professora Associada, Doutora, do Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá

Isabella Caroline Belem, Universidade Estadual de Maringá

Mestranda Programa de Pós-Graduação Associado UEM/UEL, Departamento de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá, Bolsista Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Referências

BRAGA, P. D.; MOLINA, M. C. B; CADE, N. V. Expectativas de adolescentes em relação a mudanças do perfil nutricional. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 12, n. 5, p. 1221-1228, 2007.

BRANCO, L. M.; HILÁRIO, M. O. E.; CINTRA, I. P. Percepção e insatisfação corporal em adolescentes e a relação com seu estado nutricional. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 33, n. 6, p. 292-296, 2006.

BOSI, M. L. M.; OLIVEIRA, F. P. Comportamentos bulímicos em atletas adolescentes corredoras de fundo. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 26, n. 1, p. 32-34, mar. 2004.

SAIKALI, C. J.; SOUBHIA, C. S.; SCALFARO, B. M.; CORDAS, T. A. Imagem corporal nos transtornos alimentares. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 31, n. 4, p. 164-166, 2004.

TOSSATI, A. M.; PERES, L.; PREISSILER, H. Imagem corporal e as influências para os transtornos alimentares nas adolescentes jovens. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 34-47, 2007.

NUNES, M. A. et al. Influência da percepção do peso e do índice de massa corporal nos comportamentos alimentares anormais. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 23, n. 1, p. 21-27, 2001.

AMERICAN PSYCHIATRIC ASSOCATION. Manual de diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: Dsm-IV-TR. Porto Alegre: Artmed, 2002.

CORDAS, T. A.; CLAUDINO, A. M. Transtornos alimentares: fundamentos históricos. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 24, p. 03-06. 2002.

CORDAS, T. A. Transtornos alimentares: classificação e diagnóstico. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 31, n. 4, p. 154-157, 2004.

VILELA, J. E. M. et al. Transtornos alimentares em escolares. Jornal de Pediatria, Rio de Janeiro, v. 80, n. 1, p. 49- 54, 2004.

OLIVEIRA, M. C. S. L. Identidade, narrativa e desenvolvimento na adolescência: uma revisão crítica. Estudo da Psicologia, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, p. 427-436, 2006.

PRATTA, E. M. M.; SANTOS, M. A. Família e adolescência: a influência do contexto familiar no desenvolvimento psicológico de seus membros. Estudo da Psicologia, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p. 247-256, 2007.

PEREIRA, E. F. et al. Percepção da imagem corporal de crianças e adolescentes com diferentes níveis socioeconômicos na cidade de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Revista Brasileira de Saúde Materno-Infantil, Recife, v. 9, n. 3, p. 253-262, jul./set. 2009.

VIEIRA, J. L. L. et al. Distúrbios de atitudes alimentares e distorção da imagem corporal no contexto competitivo da ginástica rítmica. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, Niterói, v. 15, n. 6, p. 410-414, nov./dez. 2009.

HAAS, A. N.; GARCIA, A. C. D.; BERTOLETTI, J. Imagem corporal e bailarinas profissionais. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 16, n. 3, p. 183-185, mai./jun. 2010.

ALVARENGA, M. S. et al. Insatisfação com a imagem corporal em universitárias brasileiras. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, São Paulo, v. 59, n. 1, p. 44-51, 2010.

CENSI, M.; PERES K. G.; VASCONCELOS, F. A. G. Prevalência de comportamentos bulímicos em universitárias e fatores associados. Revista de Psiquiatria Clínica, São Paulo, v. 36, n. 3, p. 83-88, 2009.

BOSI, M. L. M. et al. Comportamento alimentar e imagem corporal entre acadêmicos de educação física. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, São Paulo, v. 57, n. 1, p. 28-33, 2008.

FERNANDES, C. A. M. et al. Fatores de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares: um estudo em universitárias de uma instituição de ensino particular. Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar, Umuarama, v. 11, n. 1, p. 33-38, jan./abr. 2007.

ALVES E. et al. Prevalência de sintomas de anorexia nervosa e insatisfação com a imagem corporal em adolescentes do sexo feminino do município de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 24, n. 3, p. 503-12, 2008.

SAMPEI, M. A. et al. Atitudes alimentares e imagem corporal em meninas adolescentes de ascendência nipônica e caucasiana em São Paulo (SP). Revista Pediátrica, São Paulo, v. 85, n. 2, p. 122-128, 2009.

DUNKER, K. L. L.; FERNANDES, C. P. B.; CARREIRA FILHO, D. Influência do nível socioeconômico sobre comportamentos de risco para transtornos alimentares em adolescentes. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 58, n. 3, p. 156-161, 2009.

BACELAR, W. K. A. Pequena cidade: uma caracterização. In: ENCONTRO DE GRUPOS DE PESQUISA, 5., 2009, Santa Maria. Anais... Santa Maria, 2009. Disponível em: http://w3.ufsm.br/gpet/engrup/vengrup/anais/2/Winston%20Bacelar_NEAT_UFU.pdf. Acesso em: 18 dez. 2013.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTÁTICA (IBGE). Cidades: São Jorge do Ivaí - Paraná. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/cidadesat/topwindow.htm?1. Acesso em: 22 out. 2010.

GARNER, D. M. et al. Eating attitudes test: psychometric features and clinical correlates. Psychological Medicine, Cambridge, v. 12, p. 871-878, 1982.

BIGUETTI, F. Tradução e validação do Eating Attitudes Test (EAT-26) em adolescentes do sexo feminino na cidade de Ribeirão Preto-SP. 2003. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

COOPER, P. J. et al. The development and validation of the body shape questionnaire. International Journal of Eating Disorders, Malden, v. 6, p. 485-494, 1987.

DI PIETRO, M. C. Validade interna, dimensionalidade e desempenho da escala BSQ – “Body Shape Questionnaire” em uma população de estudantes universitários. 2002. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2002.

MARTINS, C. R. et al. Insatisfação com a imagem corporal e relação com estado nutricional, adiposidade corporal e sintomas de anorexia e bulimia em adolescentes. Revista de Psiquiatria RS, Porto Alegre, v. 32, n. 1, p. 19-23, 2010.

DUNKER, K. L. L.; PHILIPPI, S. T. Hábitos e comportamentos alimentares de adolescentes com sintomas de anorexia nervosa. Revista de Nutrição, Campinas, v. 16, n. 1, p. 51-60, 2003.

SOUZA-KANESHIMA, A. M. et al. Relação entre índice de massa corporal e a percepção de autoimagem em universitários. Acta Scientiarum Health Science, Maringá, v. 30, n. 2, p. 167-173, 2008.

CONTI, M. A.; FRUTUOSO, M. F. P.I.; GAMBARDELLA, A. M. D. Excesso de peso e insatisfação corporal em adolescentes. Revista de Nutrição, Campinas, v. 18, n. 4, p. 491-497, jul./ago. 2005.

DAMÁSIO, A. O mistério da consciência: do corpo e das emoções ao conhecimento de si. São Paulo: Companhia de Letras, 2000.

FERRIANI, M. G. C. et al. Autoimagem corporal de adolescentes atendidos em um programa multidisciplinar de assistência ao adolescente obeso. Revista Brasileira de Saúde Materno-Infantil, Recife, v. 5, n. 1, p. 27-33, 2005.

Publicado
2014-03-20
Como Citar
Cubrelati, B. S., Rigoni, P. A. G., Vieira, L. F., & Belem, I. C. (2014). Relação entre distorção de imagem corporal e risco de desenvolvimento de transtornos alimentares em adolescentes. Conexões, 12(1), 1-15. https://doi.org/10.20396/conex.v12i1.2178
Seção
Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)