As disciplinas gímnicas nos cursos de licenciatura em educação física do estado do Paraná

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v13iEsp..8637576

Palavras-chave:

Ginástica, Currículo, Educação Física

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar, por meio de documentos, como as disciplinas gímnicas presentes nos cursos de licenciatura em Educação Física do Estado do Paraná estão organizadas, a fim de identificar aproximações e/ou distanciamentos com as diretrizes que norteiam a educação básica, a amostra foi composta por oito universidades públicas do estado do Paraná que possuem o curso de licenciatura em Educação Física. Para a coleta de dados, entramos em contato com os coordenadores de curso para obter autorização, em seguida fizemos a coleta de dados que foram tratados por meio da análise de conteúdo. Os resultados indicaram que os conteúdos programáticos, ementas e objetivos das disciplinas apresentam relação com o preconizado nas Diretrizes Curriculares para a educação básica do estado do Paraná – Educação Física, indicando que a formação inicial em Educação Física nas IES pesquisadas fornece subsídios para o trabalho com a ginástica na Educação Física escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Pizani, Universidade Estadual de Maringá

Possui doutorado em Educação Física pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL (2016), mestrado em Educação Física pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL (2011) e graduação em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2007). Atualmente é professora Adjunto A/1 do Departamento de Educação Física da UFSC.

Martina Ardengue de Araújo, Universidade Estadual de Maringá

Graduada em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2009), Cusando o bacharelado (2011).

Caroline Braguin, Universidade Estadual de Maringá

Universidade Estadual de Maringá

Ieda Parra Barbosa-Rinaldi, Universidade Estadual de Maringá

Possui doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2005), mestrado em Educação Física pela UNICAMP (1999), especialização em Educação Física Infantil pela Universidade Estadual de Maringá - UEM (1990) e graduação em Educação Física pela UEM (1988). Atualmente é professora Associada-tide B do Departamento de Educação Física da UEM.

Marcia Regina Aversani Lourenço, Universidade do Norte do Paraná

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Norte do Paraná - UNOPAR (1990), especialização em Ginástica Rítmica pela UNOPAR (1997), mestrado em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba (2003) e doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá (2015).

Referências

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Resolução no 01, de 18 de fevereiro de 2002. Diário Oficial da União, Brasília, 9 mar. 2002.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação. Resolução no 02, de 19 de fevereiro de 2002. Diário Oficial da União, Brasília, 4 mar. 2002.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior. Resolução no 07, de 31 de março de 2004. Diário Oficial da União, Brasília, 5 abr. 2004.

FARIA JÚNIOR, A. G. Perspectivas na formação profissional em Educação Física. In: MOREIRA W. W. (Org.) Educação Física & esportes: perspectivas para o século XXI. Campinas: Papirus, 1992, p. 227-238.

BORGES, C. M. F. Formação e prática pedagógica do professor de Educação Física: a construção do saber docente. In: SOUSA E. S.; VAGO T. M. (Org.). Trilhas e partilhas: Educação Física na cultura escolar e nas práticas sociais. Belo Horizonte: Cultura, 1997. 388 p. p. 143-159.

MOLINA NETO, V. A formação profissional em Educação Física e esportes. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 10., 1997, Goiânia. Anais... Goiânia: CBCE, 1997. v. 1. p. 63-71.

ANDRADE FILHO, N. Formação profissional em Educação Física brasileira: uma súmula da discussão dos anos de 1996 a 2000. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 22, n. 3, p. 23-37, 2001.

BARBOSA-RINALDI I. P. A Ginástica no ensino superior: conhecimento e intervenção In: LARA, L. M. (Org.). As abordagens socioculturais em Educação Física. Maringá: Eduem, 2010. p. 194.

NISTA-PICCOLO, V. L. Atividades físicas como proposta educacional para 1a fase do 1o grau. 1988. Dissertação (Mestrado em Educação) Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1988.

AYOUB, E. Ginástica geral e Educação Física escolar. 2. ed. São Paulo: Ed. da Unicamp, 2007.

BARBOSA, I. P. A Ginástica nos cursos de licenciatura em Educação Física do estado do Paraná. 1999. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

PAOLIELLO, E. A ginástica geral e a formação universitária. In: FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 1., 2001 Campinas. Anais... Campinas: FEF/UNICAMP: SESC, 2001.

SOARES, C. L. et al. Metodologia do ensino da Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

BARBOSA RINALDI, I. P.; SOUZA, E. P. M. A Ginástica no percurso escolar dos ingressantes dos cursos de licenciatura em Educação Física da Universidade Estadual de Maringá e da Universidade Estadual de Campinas. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 24, n. 3, p.159-173, maio 2003.

PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. Diretrizes Curriculares da Educação Básica da Educação Física. Curitiba: SEED, 2008.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

NEVES, J. L. Pesquisa qualitativa: características, usos e possibilidades. Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v.1, n. 3, 1996. Disponível em: http://www.ead.fea.usp.br/cad-pesq/arquivos/C03-art06.pdf. Acesso em: 13 abr. 2014.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977

SOARES, C. L. (Org.). Pesquisas sobre o corpo: ciências humanas e educação. Campinas: Autores Associados, 2007. 176 p.

ACHOUR JUNIOR, A. Flexibilidade: teoria e prática. Londrina: Atividade Física & Saúde, 1998.

SCHIAVON, L.; NISTA-PICCOLO, V. L. A ginástica vai à escola. Movimento, Porto Alegre, v.13, n. 3, p.131-150, set./dez. 2007.

Downloads

Publicado

2015-05-12

Como Citar

Pizani, J., Araújo, M. A. de, Braguin, C., Barbosa-Rinaldi, I. P., & Lourenço, M. R. A. (2015). As disciplinas gímnicas nos cursos de licenciatura em educação física do estado do Paraná. Conexões, 13(Esp.), 58–76. https://doi.org/10.20396/conex.v13iEsp.8637576

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)