Banner Portal
Análise de ansiedade pré-competitiva e do desempenho de atletas de ginástica ritmica
PDF

Palavras-chave

Ginástica rítmica
Ansiedade
Período pré-competitivo
Competição
Desempenho

Como Citar

MENEGALDO, F. R.; DE MARCO, A.; SOARES, D. B. Análise de ansiedade pré-competitiva e do desempenho de atletas de ginástica ritmica. Conexões, Campinas, SP, v. 11, n. 4, p. 45–57, 2013. DOI: 10.20396/conex.v11i4.8637589. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637589. Acesso em: 29 set. 2023.

Resumo

Embora seja pouco considerado quando comparado aos aspectos físicos, o estado psicológico de um atleta é um dos fatores que mais influencia o seu desempenho. A ansiedade pré-competitiva, tema que embasou este estudo, foi o aspecto psicológico investigado, com o intuito de caracterizar a ansiedade e os seus efeitos na performance de atletas no momento da competição. Participaram desta pesquisa, na condição de voluntárias, 12 atletas de Ginástica Rítmica (GR) das categorias pré-infantil e infantil, pertencentes a três diferentes centros de treinamento do estado de São Paulo, participantes do XVII Torneio Nacional de GR. Os itens da avaliação foram aferidos por meio da escala de ansiedade “O que Penso e Sinto” e também pela aplicação de questionário qualitativo. O desempenho das atletas na apresentação foi obtido a partir de parecer individualizado de suas respectivas técnicas. Os resultados permitiram observar que para os dois instrumentos, a categoria pré-infantil se mostrou mais ansiosa do que a categoria infantil, e fatores como tempo de treinamento, tipo de prova e filosofia com a qual a instituição desenvolve a GR, podem ter correlações com altos níveis de ansiedade. Foi possível verificar ainda que um maior número de experiências competitivas pode contribuir com o equilíbrio psicológico da ginasta, propiciando maior estabilidade emocional e melhor domínio de suas emoções.

https://doi.org/10.20396/conex.v11i4.8637589
PDF

Referências

SILVA, W. V.; FIGUEIREDO, V. L. M. Ansiedade infantil e instrumentos de avaliação: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Psiquiatria, São Paulo, v. 27, n. 4, p. 329-335, 2005.

SAMULSKI, D. Psicologia do esporte. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 1995.

DETANICO, D.; SANTOS, S. G. Variáveis influenciando e sendo influenciadas pela ansiedade-traço competitiva: um estudo com atletas judocas. Lecturas: Educación Física y Deporte, Buenos Aires, ano. 10, n. 99, 2005.

DE MARCO, A. As influências da prática da ginástica para o desenvolvimento humano na infância e na adolescência. In: GAIO, R.; GÓIS, A. A. F.; BAPTISTA, J. C. F. A Ginástica em questão: corpo e movimento. 2. ed. São Paulo: Phorte, 2010.

RÓBEVA, N.; RANKÉLOVA, M. Escola de campeãs. São Paulo: Ícone, 1991.

LAFFRANCHI, B. Treinamento desportivo aplicado à ginástica rítmica. Londrina: Ed. da UNOPAR, 2001.

LAFFRANCHI, B. Planejamento, aplicação e controle da preparação técnica da ginástica rítmica: análise do rendimento técnico alcançado nas temporadas de competição. 2005. Tese (Doutorado) - Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física, Universidade do Porto, Porto, 2005.

GORAYEB, M. A. M. Adaptação, normatização e avaliação das qualidades psicométricas da RCMAS (Revised Children’s Manifest Anxiety Scale) para uma amostra de escolares de oito a treze anos de Ribeirão Preto – SP. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 1997.

REYNOLDS, C. R.; RICHMOND, B. O. What I think and feel: a measure os children’s manifest anxiety. Journal of Abnormal Child Psychology, n. 6, p. 271-280, 1978.

BARDIN, I. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1994.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2006.

NASCIMENTO, F. C.; BAHIANA, F. F.; NUNES-JUNIOR, P. C. A ansiedade em atletas de ginástica artística em períodos de pré-competição e competição. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício, São Paulo, v. 11, n. 2, 2012.

COTTYN, J. et al. The meansurement of competitive anxiety during balance beam parformance in gymnasts. Journal of Sports Sciences, v. 24, n. 2, p. 157-164, 2006.

MARTENS, R.; VALEY, R.; BURTON, D. Competitive Anxiety in Sport. Champaign: Human Kinetics, 1990.

LEÓN-PRADOS, J. A.; FUENTES, I.; CALVO, A. Ansiedad estado y autoconfianza precompetitiva em gimnastas. Revista Internacional de Ciencias del Deporte, v. 22, n. 7, p. 76-91, 2011.

TSOPANI, D. et al. Competitive state anxiety and performance in young female rhythmic gymnasts. Perceptual and Motor Skills, Missoula, v. 112, n. 2, p. 549-560, 2011.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.