O sub-campo do futebol: presidentes de clubes em Foco

Autores

  • Renato Francisco Rodrigues Marques Universidade de São Paulo
  • Diego Monteiro Gutierrez Universidade de São Paulo
  • Marco Antonio Bettine de Almeida Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v11i1.8637637

Palavras-chave:

Futebol. Sociologia. Política.

Resumo

As relações sociais no futebol brasileiro expressam legitimação política e social que respeitam critérios próprios e em parte divergem da moralidade da sociedade contemporânea. O objetivo deste estudo foi investigar o espaço da administração e relações de poder referentes aos presidentes de clubes atuantes no futebol profissional no país. Buscou-se caracterizar esse agente e identificar seu habitus pela observação de trajetórias pessoais e características simbólicas do ambiente organizacional em que atuam. Os dados foram coletados com pesquisa em home pages de clubes de futebol, sites especializados e jornais esportivos digitais. Os resultados, com discussão baseada na obra de Pierre Bourdieu, demonstram que os presidentes fazem parte de uma elite profissional e que possuem como capital simbólico a capacidade gestora e de geração de lucros em clubes-empresa; a lealdade e vínculo duradouro com o clube sócio-esportivo em grandes centros; e forte relação política com o município-sede da entidade em pequenas cidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Francisco Rodrigues Marques, Universidade de São Paulo

Professor Doutor da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto - Universidade de São Paulo - EEFERP-USP.

Diego Monteiro Gutierrez, Universidade de São Paulo

Ensino Médio (2o grau) pelo Colegio Rio Branco, Brasil(2007)
Bolsista da Universidade de São Paulo, Brasil

Marco Antonio Bettine de Almeida, Universidade de São Paulo

Graduado em Educação Física pela UNICAMP e Direito pela PUC-CAMPINAS, Mestrado (2004) e Doutorado (2008) em Sociologia do Lazer pela UNICAMP. Atualmente é Professor Associado (2013) da Universidade de São Paulo, Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH-USP). 

Referências

GALATTI, L. R. Esporte e clube sócio-esportivo: percurso, contextos e perspectivas a partir de estudo de caso em clube esportivo espanhol. 2010. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas,

PUIG, N. et al. Propuesta de marco teórico interpre tativo sobre el asociacionismo deportivo en España. Motricidad, v. 2, p. 75-92,1996.

HEINEMANN, K. Sociología de las organizaciones voluntarias: el ejemplo del club deportivo. Valencia: Tirant to Blanch, 1999.

BOURDIEU, P. Coisas ditas . São Paulo: Brasiliense, 1990.

BOURDIEU, P. Razões práticas: sobre a teoria da ação. Campinas: Papirus, 1996.

BOURDIEU, P. Questões de sociologia. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983.

Downloads

Publicado

2013-03-27

Como Citar

Marques, R. F. R., Gutierrez, D. M., & Almeida, M. A. B. de. (2013). O sub-campo do futebol: presidentes de clubes em Foco. Conexões, 11(1), 188–203. https://doi.org/10.20396/conex.v11i1.8637637

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>