As contribuições das pesquisas em história oral para o desenvolvimento da ginástica

Autores

  • Eliana de Toledo Universidade Estadual de Campinas
  • Laurita Marconi Schiavon Universidade estadual Paulista
  • Giovanna Sarôa Ponrtifícia Universidade Católica de Campinas
  • Cristiane Montozo Fiorin-Fuglsang Gymnastikhøjskolen i Ollerup

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v10i0.8637665

Palavras-chave:

História da ginástica. História oral. Ginástica.

Resumo

As contribuições das pesquisas históricas para o desenvolvimento da Educação Física nas últimas décadas são crescentes e cada vez mais impactam nas publicações da área, e nas linhas e projetos de pesquisa. Neste contexto, temos as pesquisas relacionadas à área da Ginástica que colaboram sobremaneira para novas reflexões e perspectivas de seu estudo e aplicação, e dentre estas pesquisas vêm se destacando aquelas que se utilizam do método da história oral. Assim, o objetivo deste artigo é identificar as publicações que relacionam este método e a Ginástica, utilizando-se de uma pesquisa bibliográfica, com consulta a bases de dados nacionais. Após este levantamento, serão analisados alguns aspectos destas publicações (tema, período do estudo e publicação, lócus da pesquisa, perfil dos depoentes etc), assim como serão abordadas com maior particularidade as pesquisas que foram desenvolvidas pelas autoras deste artigo. Este estudo justifica-se por trazer de forma inédita um levantamento sobre pesquisas na área da ginástica com história oral, assim como alguns trabalhos com maior detalhamento, propiciando maior entendimento, visibilidade e uso dos mesmos, por professores, pesquisadores e interessados na área da Ginástica, da Educação Física de maneira mais ampla, assim como da História.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliana de Toledo, Universidade Estadual de Campinas

É formada em Licenciatura em Educação Física e Bacharel em Treinamento em Esportes pela Faculdade de Educação Física - FEF/UNICAMP (1995), mestre em Educação Física pela FEF/UNICAMP (1999 - orientação Dra. Vilma Lení Nista-Píccolo), e doutora em História pela PUCSP (2010 - orientação Livre Docente Denise Bernuzzi de Sant'Anna).

Laurita Marconi Schiavon, Universidade estadual Paulista

Docente da Faculdade de Educação Física da Unicamp/Campinas-SP na área de Ginástica. Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas, Mestre em Educação Física/Estudos da Ginástica (2003) pela Universidade Estadual de Campinas e doutora em Educação Física /Pedagogia do Esporte (2009) pela mesma instituição.

Giovanna Sarôa, Ponrtifícia Universidade Católica de Campinas

Mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas, Brasil (2005). Professora da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Brasil.

Cristiane Montozo Fiorin-Fuglsang, Gymnastikhøjskolen i Ollerup

Mestre em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2002), sob a orientacão da Profa. Dra. Elizabeth Paoliello Machado de Souza. Possui graduacão em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (1997 - Licenciatura plena) . 

Referências

SOARES, C. L. Educação Física: raízes européias e Brasil. Campinas: Autores Associados, 1994.

GOELLNER, S. V. Locais da memória: histórias do esporte moderno. Arquivos em Movimento, Rio de Janeiro, v.1, n. 2, p.79-86, jul./dez. 2005.

MARINHO, I. P. História da Educação Física no Brasil. São Paulo: Brasil Editora, s.d.

GODOY, L. Os jogos olímpicos na Grécia antiga. São Paulo: Nova Alexandria, 1996.

JAEGER, W. Paidéia: a formação do homem grego. 5. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

TOLEDO, E. Proposta de conteúdos para a ginástica escolar: um paralelo com a teoria de Coll. 1999. 203 f. Dissertação (Mestrado em Educação Motora)-Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

CARDOSO, C.; VAINFAS, R. (Org.). Domínios da história: ensaios da teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

FERREIRA, M. M. História Oral: um inventário das diferenças. In: FERREIRA, M. M. (Coord.). Entre-vistas: abordagens e usos da história oral. Rio de Janeiro: FGV, 1994.

THOMPSON, P. A voz do passado: história oral. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

ALBERTI, V. História oral: a experiência do CPDOC. Rio de Janeiro: Fundação

Getúlio Vargas, 1990.

SIMSON, O. R. M. V. Folguedo carnavalesco, memória e identidade sócio-cultural. Resgate, Campinas, n. 3, 1999.

QUEIROZ, M .I. P. de. Relatos orais: do indivisível ao divisível. In : VON SIMSON, O. M. Experimentos com histórias de vida (Itália-Brasil): enciclopédia aberta de ciências sociais. São Paulo: Vértice, 1998.

TOLEDO, E. A legitimação da ginástica de academia na modernidade: um estudo da década de 1980. 2010. 268 f. Tese (Doutorado em Educação Física)-Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

SCHIAVON, L. M. Ginástica artística feminina e história oral: a formação desportiva de ginastas brasileiras participantes de Jogos Olímpicos (1980-2004). 2009. 327 f. Doutorado (Tese de Doutorado)-Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

SARÔA, G. R. A história da ginástica rítmica em Campinas. 2005. 140 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física)-Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

FIORIN-FUGLSANG, C. M. A ginástica em Campinas: suas formas de expressão da década de 20 a década de 70. 2002. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

Downloads

Publicado

2012-12-06

Como Citar

Toledo, E. de, Schiavon, L. M., Sarôa, G., & Fiorin-Fuglsang, C. M. (2012). As contribuições das pesquisas em história oral para o desenvolvimento da ginástica. Conexões, 10, 115–131. https://doi.org/10.20396/conex.v10i0.8637665

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>