Banner Portal
O perfil da delegação brasileira na World Gymnaestrada de Lausanne/Suiça - 2011
PDF

Palavras-chave

Gymnaestrada Mundial. Ginástica geral. Brasil.

Como Citar

PAOLIELLO, E.; BORTOLETO, M. A. C.; SCHIAVON, L. M.; FUGLSANG, C. M. F.; GRANER, L. O perfil da delegação brasileira na World Gymnaestrada de Lausanne/Suiça - 2011. Conexões, Campinas, SP, v. 10, p. 209–222, 2012. DOI: 10.20396/conex.v10i0.8637671. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637671. Acesso em: 29 fev. 2024.

Resumo

O Brasil tem participado da Gymnaestrada Mundial desde a sua segunda edição em 1957, porém, até o momento, há poucos indicadores acerca do perfil dos grupos que representaram o país nas diferentes edições deste evento. A presente pesquisa teve como objetivo apresentar o perfil da delegação brasileira participante na XIV Gymnaestrada Mundial realizada em Lausanne/Suíça em 2011, destacando aspectos como: número de participantes e de grupos, faixa etária, gênero, principais influências gímnicas dos grupos, apoio financeiro recebido, interesses turísticos e tipologia das instituições representadas. Trata-se de um estudo descritivo, cujos dados foram coletados por meio de um questionário respondido pelos representantes dos grupos brasileiros. Entre as principais considerações identificamos: maior concentração de grupos da região sudeste, predominância feminina tanto com respeito aos ginastas como aos responsáveis pelos grupos, percentual significativo de acompanhantes, heterogeneidade nas faixas etárias dos participantes com predominância de crianças e adolescentes, percentual relevante de grupos que se consideram como de Ginástica Geral/Ginástica para Todos, quantidade significativa de grupos que receberam algum apoio financeiro para a participação, metade dos grupos com vinculação a escolas ou universidades, indicação de que todos os responsáveis pelos grupos possuem formação superior em Educação Física, e aproximadamente metade deles com nível de pós-graduação.
https://doi.org/10.20396/conex.v10i0.8637671
PDF

Referências

SANTOS, J. C. E. S.; MARQUES, N. G. História da ginástica geral no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: J. C. E. Santos, 1999.

SOUZA, E. P. M. Ginástica geral: uma área de conhecimento da Educação Física. Campinas, 1997. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, 1997.

AYOUB, E. A ginástica geral e Educação Física escolar. 2. ed. Campinas: Ed. da Unicamp, 2007.

GINASTICAS. COM. 11ª Gymnaestrada Mundial: 4 -10 de Julho de 1999 - Gotemburgo, Suécia. Disponível em: http://www.ginasticas.com/ginasticas/gin_geral_festivais_01.html. Acesso em: 05 mar. 2012.

GINASTICAS. COM. 12ª Gymnaestrada Mundial: ginástica geral brasileira presente na 12ª Gymnaestrada Mundial. Disponível em: http://www.ginasticas.com/ginasticas/gin_geral_festivais_03.html. Acesso em: 05 mar. 2012.

PUBLIO, N. S. Evolução histórica da ginástica olímpica. Guarulhos: Phorte, 1998.

SANTOS, J. C. E. S. Ginástica para todos. 2. ed. Jundiaí: Fontoura, 2009.

CARVALHO, B. L. P. Associativismo, lazer e esporte nos clubes sociais de Campinas. Campinas, 2009. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.