Perfil das participantes do curso de ginástica localizada da escola de esportes da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas

Autores

  • Marcy Garcia Ramos Universidade Estadual de Campinas
  • Mariângela Gagliardi Caro Salve Universidade Estadual de Campinas
  • Aguinaldo Gonçalves Universidade Estadual de Campinas
  • Carlos Roberto Padovani Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v10i1.8637690

Palavras-chave:

Ginástica localizada. Perfil. Atividade física.

Resumo

Este estudo teve-se por objetivo conhecer o perfil dos participantes do Curso de Extensão “Ginástica Localizada”. Os procedimentos iniciaram com identificação e breve aplicação da anamnese, posteriormente foi realizada avaliação da condição física e em seguida desenvolveu orientação/prática da atividade física. Este estudo trata-se de um ensaio aninhado em estudo observacional descritivo transversal de retroanálise. Apreendeu-se que a maioria são mulheres adultas, jovens não fumantes (94,22%), com índice de massa corporal (IMC) máximo de 29,64%; observou-se que referentes à condição física são ativas (37,45%), sendo que 43,93% informaram que praticam atividade física três vezes por semana; notou-se, quanto ao tabagismo, que a maioria (94,22%) abstém-se. As informações aqui registradas poderão contribuir não só para políticas públicas voltadas ao desenvolvimento de atividades físicas para mulheres jovens em nosso meio, como também reforçar iniciativas extensionistas em âmbito universitário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcy Garcia Ramos, Universidade Estadual de Campinas

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Campinas, São Paulo - Brasil

Mariângela Gagliardi Caro Salve, Universidade Estadual de Campinas

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Campinas, São Paulo - Brasil

Aguinaldo Gonçalves, Universidade Estadual de Campinas

Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Campinas, São Paulo - Brasil

Carlos Roberto Padovani, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP, Botucatu.

Referências

RAMOS, M. G. Explorando relações do grau de sedentarismo de alunos ingressantes na Universidade Estadual de Campinas. 1998. 302f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1998.

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K. Métodos de pesquisa em atividade física. 3. ed. Porto

Alegre: Artmed, 2002.

MONTEIRO, W. D. Aspectos fisiológicos e metodológicos do condicionamento físico na promoção da saúde. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v. 1, n. 3, p. 44-58, 1996.

ALTER, M. J. Ciência da flexibilidade. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2001.

McARDLE, W. D.; KATCH, V. L. Atividade Física, saúde e envelhecimento. In: McARDLE, W. D. Fisiologia do exercício, energia nutrição e desempenho humano. 4 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

GUISELLINE, M. Qualidade de vida: um programa prático para um corpo saudável. São Paulo: Gente, 1996.

DE PAOLI, M. O custo energético de uma aula de ginástica localizada avaliada por meio de calorimetria indireta. 2002. 299f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2002.

AMERICAN COLLEGE OF SPORTS MEDICINE. ACMS. Guidelines for exercise testing and prescription. 5th ed. Philadelphia: Willians & Wilkins, 1995.

MATSUDO, V. K. R. Testes em ciências do esporte. São Caetano do Sul: CELAFISCS, 1983.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. IBGE. Anuário Estatístico do Brasil.Rio de Janeiro: Ministério do Planejamento, 1991. v. 56.

RAMOS, M. G. et al. Atividade física em extensão universitária. Estudo descritivo sobre o perfil de usuários na Unicamp. In: PELEGRINOTTI, I. L. Performance humana: saúde e esporte. Ribeirão Preto: Tecmeed, pp. 139-57, 2004.

TEIXEIRA C.; SALVE, M. G. C. Estudo da influência antropométrica de 12 semanas da prática de aulas de jump fit em mulheres entre 18 e 26 anos. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v.10, n.1, p.146, 2005.

ALEM, S. C.; SAALVE, M. G. C. Estudo da influência de um programa de treinamento físico sobre os aspectos da aptidão física. In: XI CONGRESSO INTERNO de INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2003, Campinas. Anais... Campinas: UNICAMP, 2003, v.11, p.39.

DE VITTA, A.; NERI, A. L., PADOVANI, C. R. Doenças relatadas em homens e mulheres, sedentários e ativos, adultos, jovens e idosos. Salusvita, v. 24, n.1, p.55-64, 2005.

SANTOS, S. C.; KNIJNIK, J. D. Motivos de adesão à prática de atividade física na vida adulta intermediária I. Revista Mackenzie de Educação Física e Esportes, v. 5, n.1, p. 23-34, 2006.

GALDI, H. G. et al. Aprender a nadar com a extensão universitária. Campinas: IPES, 2004.

SOUZA, M. S. C. Atuação na academia: sugestão de avaliação e prescrição do programa de exercícios a partir do conhecimento e intervenção na saúde e performance humana. In: MOREIRA, W. W.; SIMÕES R. (Org.). Educação Física: intervenção e conhecimento científico, Piracicaba: Ed. da Unimep, 2004.

BARRETO, A. C., BRANDO, A. B. Influência da atividade física sistematizada no estresse e na fadiga dos trabalhadores do restaurante universitário da Universidade de Brasília. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v.5, n.2, p.23-29, 2000.

Downloads

Publicado

2012-05-18

Como Citar

Ramos, M. G., Salve, M. G. C., Gonçalves, A., & Padovani, C. R. (2012). Perfil das participantes do curso de ginástica localizada da escola de esportes da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas. Conexões, 10(1), 83–93. https://doi.org/10.20396/conex.v10i1.8637690

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)