A competição de judô dos mais jovens: o discurso dos responsaveis pelas agremiações

Autores

  • Fabiano Filier Cazetto Universidade Estadual de Campinas
  • Paulo Cesar Montagner Universidade Estadual de Campinas
  • Pablo Christiano Lollo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v8i2.8637748

Palavras-chave:

Artes Marciais. Sociologia. Criança.

Resumo

O Judô enquanto uma prática competitiva institucionalizada é o foco deste estudo. A pesquisa teve como instrumentos questionários/entrevistas, que foram aplicadas aos responsáveis pelas agremiações em umas das delegacias do Estado de São Paulo. O tratamento dos dados foi através de análise do conteúdo do discurso. Os resultados confirmam a hipótese inicial de que o Judô é um elemento de múltiplos significados, sendo visto principalmente como esporte e filosofia de vida. O discurso dos entrevistados indica que a competição é considerada como algo positivo e educacional. Os mais jovens não são “lembrados” ao descrever esse fenômeno e pouco se reflete sobre um modelo de competição específico. Incoerências podem decorrer desse quadro tais como as relatadas nas entrevistas (deterioração e cobrança). É necessário pensar um modelo de competição específico para os mais jovens, do ponto de vista educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Filier Cazetto, Universidade Estadual de Campinas

Mestre em Educação Física. Possui licenciatura em Educação Física, atua principalmente com Lutas e Artes Marciais, vasta experiência em diversas faixas etárias e ambientes (clubes, academias, escolas). Professor de Judô, Jiu-Jitsu. Musculação e Educação Física escolar

Paulo Cesar Montagner, Universidade Estadual de Campinas

É graduado em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1894), Mestre em Filosofia da Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (1993) e Doutor em Educação Física pela Universsidade Estadual de Campinas (1999). Atualmente é Professor Doutor da Unicamp, sendo Diretor da FEF-Unicamp na gestão 2006-2010. Tem experiência em Educação Física e Esporte, com ênfase na área de Ciências do Esporte, atuando principalmente nos seguintes temas: Estudos Pedagógicos do Esporte, Ensino do Esporte, Iniciação e Treinamento em Esporte, Estudo da Gestão e diferentes estruturas do Esporte, Formação em Educação Física e Esporte, Basquetebol.

Pablo Christiano Lollo, Universidade Estadual de Campinas

Universidade Estadual de Campinas.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BROHM, J. M. Sociología política del deporte. México: Fondo de Cultura Económica, 1982.

CAZETTO, F. F. et al. O jogo como meio: o tecnicismo de cara nova. Efdeportes: revista digital, Buenos Aires, v. 92, n. 10, jan. 2006. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd92/judo.htm. Acesso em: 30 jun. 2008.

CAZETTO, F. F. Ensaio provisório sobre alguns aspetos relevantes para o entendimento tático do judô tendo em vista a formação global do indivíduo. 2004. 160f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

CAZETTO, F. F.; PAES, R. R. Análise do judô enquanto um conteúdo da Educação Física. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA UNICAMP, 12., 2004, Campinas. Anais... Campinas: UNICAMP, 2004. 1 CD-ROM.

CAZETTO, F. F. ; PAES, R. R. Estudo sobre a iniciação esportiva na modalidade de judô. In: CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DA UNICAMP, 13., 2005, Campinas. Anais... Campinas: UNICAMP, 2005. 1 CD-ROM.

ELIAS, N. O processo civilizador: a formação dos estados e civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 1993. v. 2.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

RITZ, M. R. C. Qualidade de vida no trabalho: construindo, medindo e validando uma pesquisa. 2000. 96f. Dissertação (Mestrado em qualidade) – Instituto de Matemática, estatística e Computação científica,

Downloads

Publicado

2010-07-23

Como Citar

Cazetto, F. F., Montagner, P. C., & Lollo, P. C. (2010). A competição de judô dos mais jovens: o discurso dos responsaveis pelas agremiações. Conexões, 8(2), 159–173. https://doi.org/10.20396/conex.v8i2.8637748

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>