Banner Portal
Concepções sobre a prática de atividades físicas e saúde na educação física e esportes
PDF

Palavras-chave

Atividade física. Saúde. Esportes. Qualidade de vida.

Como Citar

ZAMAI, Carlos Aparecido; BANKOFF, Antonia Dalla Pria; SILVA, Josias Ferreira da; DAVID, Luciana Tereza; SILVA, Telma Terezinha Ribeiro da; DIAS, Cristiano; MILER, Jussara. Concepções sobre a prática de atividades físicas e saúde na educação física e esportes. Conexões, Campinas, SP, v. 7, n. 3, p. 86–102, 2009. DOI: 10.20396/conex.v7i3.8637770. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637770. Acesso em: 18 abr. 2024.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão da literatura e mapear temáticas que envolvem as concepções que o homem contemporâneo tem sobre a prática de atividades físicas e saúde na educação física e esportes. É imprescindível a implantação de políticas públicas que assegurem uma mudança na orientação e planejamento de ações voltadas às práticas de atividades físicas. Em organizações empresariais, aspectos ligados à promoção da saúde e qualidade de vida no trabalho, apontam que 63% dos custos médicos indiretos se referem ao absenteísmo (falta com atestado médico) e 24% à assistência médica. A prática de atividade física é fator preponderante para melhorar a composição corporal, diminuir dores articulares, aumentar a densidade óssea, melhorar a utilização da glicose, da força e da flexibilidade e das capacidades funcionais, inclusive dos idosos, prevenindo doenças relacionadas à área crônico-degenerativas (cardiovasculares, do aparelho locomotor, pulmonar, hipertensão arterial e diabetes mellitus) e outras.
https://doi.org/10.20396/conex.v7i3.8637770
PDF

Referências

ASSIS, M. et al. Programas de promoção da saúde do idoso: uma revisão da literatura cientifica no período de 1999 a 2002. Revista Ciência e Saúde Coletiva. 9 (2) 557-581, 2004;

ASSMAR, E.M. L. Motivação à afiliação: Uma escala para uso no Brasil. Revista Ciências Humanas. Rio de Janeiro 19 (31), 73-82, 1996.

BANKOFF, A. D. P.; ZAMAI, C. A. Estudo do perfil dos professores do ensino fundamental do Estado de São Paulo sobre o conhecimento do tema atividade física e saúde. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde. Londrina: 1999; 4: 35-42.

BANKOFF, A.D.P. et al. Estudo dos hábitos diários e antropométricos de sujeitos com distúrbios de obesidade. Londrina: Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, v. 9, n. 1, pp. 30-42, 2004.

BANKOFF, A. D. P. et al. Programa de Convivência e atividade física na Unicamp: responsabilidade social em ação. Disponível em: http://www.fef.unicamp.br/departamentos/deafa/qvaf/livros/foruns_interdisciplinaressaude/fadiga/miolo_fadiga.pdf Acesso em: 02. dez.2009.

BAUMAN, A.; SMITH, B. Geographical influences upon physical activity participation: Evidence of a “coastal effect”. Australian and New Zeland Journal of Public Health, 23 (3) 322-324, 1999.

BENGOECHEA, E. G. Integrating Knowledge and Expanding Horizons in Development Sport Psycology: A Bioecological Perspective. Quest, 54. Human Kinetics, 01-25, 2002.

CORPORATE AND PERSONAL HEALTH – CPH – Health Promotion and Quality of Life Seminar. São Paulo, 2003.

DUDA, J. L. Interdependencies between the perceived ans self – reported goal orientation of young atletes and their parents. Pediatric Exercise Science, 5, 234-241, 1993.

CARVALHO, T. de.; NÓBREGA, ACL da.; LAZZOLI, JK. Posição oficial da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte: atividade física e saúde. Rev Bras Med Esport, v. 2, n. 4, Out/Dez, 1996. Disponível em: www.medicinadoesporte.org.br/images/pdfs/1997_Ativ_f%EDsica_e_saude.pdf Acesso em: 01.dez.2009.

CHOCOLAT FILM. Direção: Lasse Hallström. Atores: Juliette Binoche, Lena Olin, Johnny Depp, Judi Dench, Alfred Molina. 105 min. gênero: Comédia. EUA, 2000. Disponível em: http://www.miramax2000.com/chocolat Acesso em: 23/mar.2007.

FERREIRA, M. S.; NAJAR, A L. Programas e campanhas de promoção da atividade física. Revista ciência & saúde R M. Atividade física: uma necessidade para a boa saúde na terceira idade. Revista brasileira em promoção da saúde. 18(003) 152-156, 2005.

KIMIECIK, J.C.; HORN, T.S.; SHURIN, C. S. Relationships among children’s beliefs, perceptions of their parents’s beliefs, and their moderate to vigorous physical activity. Research Quartely for Exercise and Sport. 67 (03), 324-336, 1996.

MANUAL DO PROGRAMA AGITA SÃO PAULO. Atividade física e saúde: acumule 30 minutos por dia. São Paulo, 1998.

ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE. Saúde do trabalhador. OPAS, 2006. Disponível em: http://www.opas.org.br/ambiente/temas.cfm?id=44&area=Conceito Acesso em: 13/jun. 2006.

POSNER, J.K.; VANDELL, D.L. After – school activities and the development of low-income urban children: A longitudinal study. Developmental Psychology. 35 (03), 868-879, 1999.

SALLIS, J.S.; OWEN, N. Physical activity & Behavioral Medicine. Londres. SAGE Publications, 1998.

SANTOS, M. et al. Grupos de promoção à saúde no desenvolvimento da autonomia, condições de vida e saúde. Revista coletiva. 10 (sup) 207-219, 2005;

SILVA, J.F.; ZAMAI, CA. Análise da prática de atividades físicas através de jogos e brincadeiras. Piracicaba: Anais... 4o Congresso Científico Latino-Americano de Educação Física, FACIS, Unimep, 2006.

SMITH, A.L. Perceptions of peer relationship and physical activity participation in early adolescence. Journal of Sport and Exercise Psychology, 5, 329-350, 1999.

SMITH, A.L. Peer relationships in physical activity contexts: a road less traveled in youth sport and exercise psychology research. Psychology of Sport and Exercise, Amsterdam, v. 4, p. 25-39, 2003.

SORENSEN, M. The contribution of psychological theory to the understanding of health beahaviour change and maintenance. Aplications to exercise. Revista de Psicología del Deporte, 12, 109-118, 1997.

STAHL, T.; RÜTTEN, A.; NUTBEAM, D. The importance of the social enviroment for physically active lifestyle – results from an international study. Social Science & Medicine. 52 (01), 1-10, 2001.

ZAMAI, C.A.; BANKOFF, A.D.P. Análise do conhecimento sobre atividade física e doenças crônica não transmissíveis entre escolares do ensino fundamental. II Encontro Latino-Americano para Estudos da Criança: Desenvolvimento Infantil. Organizado por Ruy Jornada Krebs - Florianópolis: Universidade do Estado de Santa Catarina, 2002. p. 231

ZAMAI, C. A. et al. Análise do conhecimento x incidência de sobrepeso e obesidade entre escolares do ensino fundamental e médio de diversos municípios do Estado de São Paulo. Anais ... 9º Congresso de Educação física e Ciências do Desporto dos Países de língua Portuguesa. São Luis, 2002.

ZAMAI, C. A. Atividade física e saúde: análise do nível de conhecimento de professores do Estado de São Paulo. 2000. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

ZAMAI, C. A. et al. Estudo do conhecimento x incidência de fatores de risco entre escolares do ensino fundamental e médio. Espírito Santo de Pinhal: Revista Movimento e Percepção, v. 4, n. 4/5, jan./dez. 2004.

ZAMAI, C. A. et al. Atividade física, saúde e doenças crônico degenerativas: avaliação do nível de conhecimento entre escolares de Campinas. Movimento e Percepção, Espírito Santo de Pinhal, v. 5, n. 7, 2005.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.