Possíveis reflexões sobre concepções de corpo/corporeidade nos personagens de uma peça teatral.

Autores

  • Janaína Walkiria Brito e Silva Universidade Estadual de Goiás
  • Michele Silva Sacardo Universidade Estadual de Goiás
  • Vinícius Santos Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v7i1.8637782

Palavras-chave:

Corpo/corporeidade. Educação Física.

Resumo

O presente artigo apresenta possíveis reflexões advindas dos resultados de uma pesquisa que teve como objetivo analisar, a partir de aportes filosóficos, a concepção de corpo/corporeidade nos personagens da peça teatral “Os sete gatinhos” de Nelson Rodrigues. Além desse, os objetivos específicos foram: a) Problematizar o tema sobre corpo e corporeidade, por meio de análises filosóficas dos personagens da obra em questão; b) Analisar as principais concepções de corporeidade que, a nosso ver, os personagens da peça Os Sete Gatinhos representam e as contribuições para a Educação Física. Consideramos que este estudo venha contribuir para um melhor entendimento da subjetividade do corpo para os professores de Educação Física, por revelar aspectos do corpo sujeito que podem ser vistos para além dos padrões pré-estabelecidos de movimento de acordo com os condicionantes alienadores, em que o corpo e sua corporeidade possam ser reinterpretados à luz da concretude da existência humana, havendo uma aceitação e valorização do corpo/corporeidade como algo fundamental para uma existência com significados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaína Walkiria Brito e Silva, Universidade Estadual de Goiás

Janaína Walkiria Brito e Silva Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Michele Silva Sacardo, Universidade Estadual de Goiás

Michele Silva Sacardo Docente da Universidade Estadual de Goiás (UEG). Doutoranda do Programa de Pós Graduaçao em Educação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

Vinícius Santos, Universidade Estadual de Goiás

Vinícius Santos Licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Referências

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. 16. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2001.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir. 19. ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

GONÇALVES, M. A. S. Sentir, pensar, agir. 2. ed. Campinas: Papirus,1997.

MAGALDI, S. Nelson Rodrigues: teatro completo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

SOARES, C. L. Imagens da educação do corpo. 2. ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2002.

SOARES, C. L. Educação Física: raízes européias e Brasil. 2a ed. rev – Campinas, SP: Autores associados, 2001.

MOREIRA, W. W. (Org.). Corpo presente. Campinas: Papirus, 1995.

Downloads

Publicado

2009-04-01

Como Citar

SILVA, J. W. B. e; SACARDO, M. S.; SANTOS, V. Possíveis reflexões sobre concepções de corpo/corporeidade nos personagens de uma peça teatral. Conexões, Campinas, SP, v. 7, n. 1, p. 1–11, 2009. DOI: 10.20396/conex.v7i1.8637782. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637782. Acesso em: 4 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos