Nivel de estresse pré-competitivo em atletas universitárias do sexo feminino praticantes do futsal

Autores

  • Vinicius Barroso Hirota Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Veronica Amorim Tragueta Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Carlos Eduardo Lopes Verardi Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v6i0.8637851

Palavras-chave:

Avaliação. Estresse. Futsal feminino.

Resumo

O futsal feminino apresenta-se bastante difundido na pratica universitária, e um dos principais aspectos psicológicos apresentados durante o jogo é o estresse. Com o objetivo de identificar o estresse pré-competitivo em atletas universitárias que atuam no futsal feminino (n: 32, de idade entre 18 e 26 anos), este estudo é uma pesquisa descritiva (CERVO e BERVIAN, 2004), que conta com a aplicação da escala LSSPCI - Lista de Sintomas de Estresse Pré - Competitivo (DE ROSE JR., 1998). Para o tratamento estatístico utilizamos o calculo do Coeficiente Alfa de Cronbach a fim de avaliar a consistência e validade da escala, e a média, identificando o nível de estresse. Os resultados nos mostraram Alfa de 0.91 e a média das atletas focou em 2,59. Assim aferimos a validade da escala como uma estabilidade no nível de estresse das atletas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Barroso Hirota, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Veronica Amorim Tragueta, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Carlos Eduardo Lopes Verardi, Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto

Downloads

Como Citar

Hirota, V. B., Tragueta, V. A., & Verardi, C. E. L. (2008). Nivel de estresse pré-competitivo em atletas universitárias do sexo feminino praticantes do futsal. Conexões, 6, 487–497. https://doi.org/10.20396/conex.v6i0.8637851

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)