Banner Portal
Estados transitorios de humor de atletas de basquete
PDF

Palavras-chave

Basquete. Psicologia. Humor.

Como Citar

SANTOS, Anderson Wagner dos; REBELLO, Daniel Simões; AMORIM, Danielle Bernardes. Estados transitorios de humor de atletas de basquete. Conexões, Campinas, SP, v. 6, p. 560–571, 2008. DOI: 10.20396/conex.v6i0.8637857. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637857. Acesso em: 27 maio. 2024.

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os estados transitórios de humor de atletas de basquete participantes dos jogos do JIMI (Jogos do Interior de Minas). Para sua realização, foram selecionados 10 adultos da faixa etária entre 18 a 27 anos, do sexo masculino, participantes da fase classificatória do JIMI de basquete masculino que ocorreu no mês de junho deste ano. Para coleta dos dados, foi aplicado o questionário POMS (perfil dos estados de humor) que contem 65 itens que abordam o vigor como fator positivo de humor, e como fatores negativos, tensão, raiva, fadiga, depressão e confusão mental. Os dados do teste de POMS foram anotados em planilhas especificando os avaliados, jogo (primeiro e segundo) e momento (pré e pós) e foram calculadas as medias de cada estado em cada um dos momentos de cada jogo. Em seguida, foi feita a análise de variância e pós-teste de comparação. Como resultado, verificou-se que os atletas tiveram seus estados de humor (fadiga, raiva, depressão, vigor) muito altos durante os dois jogos, sendo que tensão e confusão mental não se alteraram. Porém, entende-se como necessário a realização de outros estudos sobre as emoções e sentimentos dos jogadores de basquete, para que de algum modo possamos auxiliar em futuros campeonatos.
https://doi.org/10.20396/conex.v6i0.8637857
PDF

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.