Banner Portal
O espaço do “corpo” na educação da infância
PDF

Palavras-chave

Corpo. Educação. Infância.

Como Citar

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz de. O espaço do “corpo” na educação da infância. Conexões, Campinas, SP, v. 6, n. 1, p. 1–13, 2008. DOI: 10.20396/conex.v6i1.8637867. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637867. Acesso em: 22 jun. 2024.

Resumo

Este trabalho faz uma reflexão sobre o espaço dado ao corpo e ao movimento no contexto da educação infantil. Percebemos que as preocupações com a “educação corporal” na educação infantil não são recentes, porém, na atualidade as propostas não superaram ainda a visão fragmentada de corpo, movimento e criança.
https://doi.org/10.20396/conex.v6i1.8637867
PDF

Referências

ARIÈS, P. História social da criança e da família. Rio de Janeiro: Guanabara, 1981.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a educação infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998. 3v.

CAMBI, Franco. História da pedagogia. São Paulo: Ed. da Unesp, 1999.

CERISARA, A. B. Produção acadêmica na área de educação infantil a partir da análise de pareceres sobre o referencial curricular nacional da educação infantil: primeiras aproximações. In: FARIA, A. L. G. de; PALHARES, M. S. (Org.). Educação infantil pós-LDB: rumos e desafios. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 2000. p.19-49.

COMENIUS. Didática magna. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

DIAS, M. C. M. Saberes essenciais ao educador da primeira infância: uma reflexão na perspectiva dos protagonistas. 1997. 192 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.

DIECKERT, J. Prefácio: Criatividade e educação física no Brasil. In: TAFFAREL, C. N. Z. Criatividade nas aulas de Educação Física. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1985.

FARIA, A. L. G. de. Educação pré-escolar e cultura. Campinas: Ed. da Unicamp, 1999.

FILGUEIRAS, I. P. A criança e o movimento: questões para pensar a prática pedagógica na educação infantil e no ensino fundamental. Revista do Instituto Avisa Lá, São Paulo, n.11, p.11-19, jul. 2002.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: história da violência nas prisões. Petrópolis: Vozes, 1979.

GADOTTI, M. História das idéias pedagógicas. São Paulo: Ática, 1999.

GALVÃO, I. O espaço do movimento: investigação no cotidiano de uma pré-escola à luz da teoria de Henri Wallon. 1992. 113f. Dissertação (Mestrado)- Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1992.

GALVÃO, I. Henri Wallon: uma concepção dialética do desenvolvimento infantil. Petrópolis: Vozes, 1995.

GONÇALVES, C. J. Educação Física: ler e escrever também com o corpo em movimento. In: NEVES, I. C. B. et al (Org.). Ler e escrever: compromisso de todas as áreas. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2000. p.45-62.

GRIFFI, G. História da Educação Física e do esporte. Porto Alegre: Luzzatto, 1989.

KRAMER, S. A política do pré-escolar no Brasil: a arte do disfarce. 5. ed. São Paulo: Cortez, 1995.

KUHLMANN JÚNIOR, M. Instituições pré-escolares assistencialistas no Brasil (1889-1922). Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n.78, p.17-26, ago. 1991.

KUHLMANN JÚNIOR, M. Educando a infância brasileira. In: LOPES, E. M. T.; FARIA FILHO, L; V.; GREIVE, C. (Org.). 500 anos de educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 469-496.

MALAGUZZI, L. Ao contrário, as cem existem. In: EDWARDS, C.; GANDINI, L.; FORMAN, G. As cem linguagens da criança: a abordagem de Reggio Emilia na educação da primeira infância. Porto Alegre: Artmed, 1999. p.V.

MANACORDA, M. A. A História da educação: da antiguidade aos nossos dias. 8.ed. São Paulo:

Cortez, 2000.

MOREIRA, A. A. A. O espaço do desenho: a educação do educador. 9. ed. São Paulo: Loyola, 2002.

OLIVEIRA, Z. de M. R. de. Educação infantil: fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez, 2002.

ROCHA, E. C. A pesquisa em educação infantil no Brasil: trajetória recente e perspectivas de consolidação de uma pedagogia. Florianópolis: Núcleo de Publicações da UFSC, 1999.

SAYÃO, D. T. Educação Física na pré-escola: principais influências teóricas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 10., 1997, Goiânia. Anais... Goiânia; CBCE, 1997. p.594-601.

SAYÃO, D. T. Corpo e movimento: notas para problematizar algumas questões relacionadas à educação infantil e educação física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 23, n. 2, p.55-67, jan. 2002a.

SAYÃO, D. T. Corpo e movimento: alguns desafios pra a educação infantil. Revista eletrônica zero a seis, n. 5, jan./jul. 2002b. Disponível em: www.ced.ufsc.br/zeroaseis. Acesso em: 09 maio. 2007.

SOARES, Carmen. Imagens da educação do corpo: estudos a partir da ginástica francesa no século XIX. Campinas: Papirus, 1998.

TONUCCI, F. Com olhos de criança. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

VIGOTSKY, L. S. A formação social da mente. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

WALLON, H. Psicologia e educação da infância. Lisboa: Stampa,1973.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.