A promoção à saúde constrói a vigilância em saúde: contribuições para a educação física

Autores

  • Fabrício Boscolo Del Vecchio Universidade Estadual de Campinas
  • Aguinaldo Gonçalves Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v5i2.8637879

Palavras-chave:

Promoção à saúde. Atividade física. Vigilância à saúde. Saúde pública/coletiva.

Resumo

No interior do Sistema Único de Saúde, a Vigilância em Saúde estrutura-se como nova área síntese dos segmentos epidemiológico e sanitário. No entanto, diferencia-se deles por incorporar participação ativa dos diversos estratos da sociedade civil nas decisões que lhes dizem respeito. Avança como modelo de atenção à saúde, por reconhecer a determinação social do processo saúde-doença. Nesse âmbito, dialoga com a Educação Física (EF), podendo influenciá-la e ser influenciada por ela; quando da incorporação e aplicação de seus conceitos, agires e fazeres surgem mobilizações intersetoriais que não conduzem só a alterações orgânicas, mas que fomentam motivação e poder coletivo de atuação decorrentes da atividade física (AF) sistematizada. Assim, protagonistas e profissionais de EF podem operar sobre estilos e condições de vida, pela desconstrução do biologicismo exacerbado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Boscolo Del Vecchio, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/Unicamp

Aguinaldo Gonçalves, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/Unicamp

Downloads

Publicado

2008-03-13

Como Citar

Del Vecchio, F. B., & Gonçalves, A. (2008). A promoção à saúde constrói a vigilância em saúde: contribuições para a educação física. Conexões, 5(2), 59–71. https://doi.org/10.20396/conex.v5i2.8637879

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>