Subsídios teóricos do conceito cultura para entender o lazer e suas políticas públicas

Autores

  • Marco Antonio Bettine de Almeida Universidade Estadual de Campinas
  • Gustavo Luis Gutierrez Faculdade de Educação Física/UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v2i1.8637910

Palavras-chave:

Lazer. Cultura. Políticas públicas.

Resumo

Este artigo tem como foco principal compreender a relação do conceito cultura nas políticas de lazer. Utilizamos como procedimento de análise a teoria de consensos argumentativos habermasiana, para tanto, metodologicamente, distinguiu-se a cultura em três campos: massa, popular e erudita. O lazer foi aproximado a partir destas definições, já que ele encontra-se nas relações sociais. Com a separação em campos determinados, em tipos, foi possível diagnosticar a influência da relação lazer e cultura nas políticas públicas, destacando que as mesmas ficam restritas não as necessidades sociais mas na manutenção do poder político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antonio Bettine de Almeida, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação física/UNICAMP

Gustavo Luis Gutierrez, Faculdade de Educação Física/UNICAMP

Professor titular do departamento de Atividade Física Adaptada da Faculdade de Educação Física da UNICAMP. 

Downloads

Publicado

2007-11-22

Como Citar

Almeida, M. A. B. de, & Gutierrez, G. L. (2007). Subsídios teóricos do conceito cultura para entender o lazer e suas políticas públicas. Conexões, 2(1), 48–63. https://doi.org/10.20396/conex.v2i1.8637910

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>