Secretaria municipal de cultura, esporte e turismo de campinas: qual(is) conceito(s) sustenta(m) suas ações?

Autores

  • Danilo Almeida Alves Universidade Estadual de Campinas
  • Breno Fiori Bertazzoli Universidade Estadual de Campinas
  • Silvia Cristina Franco Amaral Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v3i2.8637956

Palavras-chave:

Política pública. Lazer. Concepções.

Resumo

Esta pesquisa analisa, no município de Campinas, quais eram as concepções de lazer e a orientação política adotadas pelo órgão diretamente responsável (Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Turismo - SMCET) por tais políticas durante o período estudado (2º semestre/2004). Para tanto, elaboramos um referencial teórico acerca das concepções de lazer e abordagens de políticas públicas. Sustentados neste referencial, identificamos, através da análise documental, quais as concepções de lazer e abordagem política estavam presentes nos diferentes setores da SMCET. Constatamos que, apesar dos discursos presentes nos documentos, em que predomina uma concepção de lazer emancipatório e uma abordagem política participativa, também se fazem presentes políticas públicas de lazer com outras concepções e abordagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danilo Almeida Alves, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/Unicamp

Breno Fiori Bertazzoli, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/Unicamp

Silvia Cristina Franco Amaral, Universidade Estadual de Campinas

Faculdade de Educação Física/Unicamp

Downloads

Publicado

2007-11-06

Como Citar

Alves, D. A., Bertazzoli, B. F., & Amaral, S. C. F. (2007). Secretaria municipal de cultura, esporte e turismo de campinas: qual(is) conceito(s) sustenta(m) suas ações?. Conexões, 3(2), 74–101. https://doi.org/10.20396/conex.v3i2.8637956

Edição

Seção

Artigos