Banner Portal
ÍNDIOS KADIWÉU: RIVALIDADE E COMPETITIVIDADE, DIFERENTES SENTIDOS ENTRE DUAS MEMÓRIAS
PDF

Palavras-chave

Indios brasileiros
Esporte
Jogos tradicionais

Como Citar

VINHA, Marina. ÍNDIOS KADIWÉU: RIVALIDADE E COMPETITIVIDADE, DIFERENTES SENTIDOS ENTRE DUAS MEMÓRIAS. Conexões, Campinas, SP, n. 4, p. 67–75, 2008. DOI: 10.20396/conex.v0i4.8638063. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8638063. Acesso em: 16 jul. 2024.

Resumo


Pesquisas de campo realizadas na Aldeia Bodoquena, no Mato Grosso do Sul, indicam que significados diferentes permeiam os sentidos de “competitividade” e “rivalidade” entre os índios Kadiwéu. Na prática dos jogos ancestrais havia a rivalidade e a “luta” teria a função de controlar as emoções. No esporte (futebol), atividade recente no Brasil - na segunda metade XIX - e praticado entre os Kadiwéu nos últimos 17 anos, há a competitividade e, esta não equilibra internamente as tensões do grupo. Ambos, esporte e jogo tradicional, caracterizam diferentes formas de inter-relacionamento e de sociabilidade, que levam o grupo a se significar entre duas memórias. A aplicação do método da “Análise de Discurso”, na vertente francesa, segundo Orlandi (1996), faz uso da linguagem enquanto fato e dos sentidos produzidos nela. Nas considerações finais ficam perguntas sobre o impacto do esporte no contexto sociocultural do grupo.

Palavras Chave:

Indios brasileiros; Esporte; Jogos tradicionais.
https://doi.org/10.20396/conex.v0i4.8638063
PDF

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.